Brasília Lula classifica Impa como instituto de ensino superior e inaugura curso de 'matemática da tecnologia'

Lula classifica Impa como instituto de ensino superior e inaugura curso de 'matemática da tecnologia'

Instituição no Rio de Janeiro, ligada ao governo federal, organiza a Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas

  • Brasília | Ana Isabel Mansur, do R7, em Brasília

Curso de graduação será ofertado a partir de 2024

Curso de graduação será ofertado a partir de 2024

Impa/Divulgação - arquivo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva credenciou o Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa) como instituição de ensino superior nesta quarta-feira (6) e inaugurou o seu primeiro curso de graduação: matemática da tecnologia e inovação. O Impa, localizado no Rio de Janeiro, é responsável pela Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) e pelo Festival Nacional da Matemática.

O evento reuniu o governador do estado, Cláudio Castro (PL), o prefeito da capital fluminense, Eduardo Paes (PSD), e os ministros Camilo Santana (Educação), Luciana Santos (Ciência, Tecnologia e Inovação) e Márcio Macêdo (Secretaria-Geral).

Durante o discurso no evento, Lula defendeu os investimentos em educação. "Pelo amor de Deus, governantes e aluno, não levem a sério quando disserem que a gente está gastando dinheiro em educação. Educação é o investimento mais extraordinário que um governo pode fazer. A meninada tem que aprender matemática, português, geografia cedo. Temos que dar estrutura para que se transformem em gênios", destacou.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

Criado em 1952, o Impa é uma organização social ligada aos ministérios da Educação e da Ciência, Tecnologia e Inovação. Além de centro de pesquisa, o instituto oferta mestrado, doutorado, mestrado profissionalizante e cursos de formação continuada para professores de matemática.

A primeira graduação do instituto, chamada de Impa Tech, será ofertada a partir de 2024. No 1º ano, cem estudantes serão atendidos, com investimento de R$ 16,7 milhões. Ao fim dos quatro primeiros anos, o curso deverá ter 400 alunos e uma aplicação de R$ 55,9 milhões por ano. Os estudantes vão receber bolsa e terão moradia em alojamentos oferecidos pela prefeitura do Rio.

Para o ano que vem, o ingresso no Impa Tech será por meio das olimpíadas do conhecimento e do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Serão 80 vagas para medalhistas nacionais em competições de química, física e informática, além de matemática.

As 20 vagas restantes serão destinadas aos estudantes com os melhores desempenhos na área de matemática no Enem. As inscrições para a graduação no Impa estão abertas até 28 de dezembro.

Últimas