Brasília Mais de 1,8 mil estudantes ingressam no Jovem Candango

Mais de 1,8 mil estudantes ingressam no Jovem Candango

Programa agrega formação profissional, emprego e esporte para adolescentes em situação de vulnerabilidade social 

  • Brasília | Jéssica Moura, do R7, em Brasília

Participantes terão carteira assinada e receberão bolsa para estudar e trabalhar

Participantes terão carteira assinada e receberão bolsa para estudar e trabalhar

Renato Alves / Agência Brasília

Em evento realizado na manhã desta terça-feira (14), 1,8 mil adolescentes com idades entre 14 e 17 anos passaram a integrar o programa Jovem Candango. O governador Ibaneis Rocha (MDB) deu boas-vindas aos novos matriculados no Centro de Convenções Ulisses Guimarães.

"Vamos colocar esses jovens para trabalhar nas nossas administrações e secretarias, de modo que tenham o primeiro emprego em um ambiente qualificado. A gente espera que a partir daí eles tenham outras oportunidades na vida", disse Ibaneis.

A iniciativa, criada em 2013 e gerenciada pela Secretaria de Esporte e Lazer, é destinada à formação profissional de jovens em situação de vulnerabilidade social, que podem ficar até dois anos no projeto.

Quem está inscrito no Cadastro Único, matriculado em escola da rede pública, recebe até meio salário mínimo, ou tem renda familiar de até três salários, pode participar do programa. Bolsistas de escolas particulares também são contemplados.

"Nossa missão é fazer com que esses jovens trabalhem, tenham sua renda e tenham formação", disse a secretária de Esporte e Lazer, Giselle Ferreira.

Os participantes do programa se dividem entre atividades teóricas, práticas, de formação profissional e prestam serviço em órgãos da administração pública. Pelo trabalho, que pode variar de 4h a 6h, recebem uma bolsa de R$ 516, além de vale-transporte, alimentação, férias e 13º salário.

O Jovem Candango também destina vagas nos Centros Olímpicos do DF para que os estudantes participem de práticas esportivas.

Homenagens
Ainda durante o evento, o governador Ibaneis Rocha entregou mensagens de homenagem a atletas e paratletas brasilienses que representaram o Brasil em Tóquio neste ano, como Caio Bonfim, da marcha atlética, Wendel Belarmino, ouro na natação, e Jéssica Gomes, da equipe de golbol. 

Últimas