Brasília Marido agride a ex-deputada Kelly Bolsonaro e é preso no DF

Marido agride a ex-deputada Kelly Bolsonaro e é preso no DF

O homem teria batido na mulher e em três enteados; o caso é investigado pela 20ª Delegacia (Gama Oeste)

  • Brasília | Do R7, em Brasília

Ex-deputada Kelly Bolsonaro fala no plenário da Câmara Legislativa

Ex-deputada Kelly Bolsonaro fala no plenário da Câmara Legislativa

Divulgação/CLDF

O marido da ex-deputada distrital Kelly Bolsonaro foi preso sob suspeita de ter agredido a mulher e três enteados na noite desta sexta-feira (8). O caso ocorreu no Gama, região administrativa do Distrito Federal. 

O homem teria, além de bater na mulher, agredido três enteados. Segundo os relatos preliminares, a ex-deputada foi enforcada e recebeu um chute. 

Ao R7, a ex-deputada afirmou que sofreu lesões físicas e que está psicologicamente abalada. "Fisicamente estou um pouco melhor, mas com alguns hematomas. Foi a primeira vez que ele apresentou esse tipo de comportamento. Ele segue preso e espero que continue assim. Todo e qualquer homem que comete crime, que passe por cima das leis, deve ser punido. Ele agrediu meus filhos também", disse.

Kelly conta que as agressões continuaram mesmo enquanto ela falava com a Polícia Militar. "Enquanto eu pedia socorro no 190, ele continuou me agredindo. A polícia demorou cerca de 10 minutos, no máximo, para chegar", completou.

A investigação do caso ficou a cargo da 20ª Delegacia (Gama Oeste). Ela passou por exame de corpo de delito.

Carta divulgada pela ex-deputada Kelly Bolsonaro

Carta divulgada pela ex-deputada Kelly Bolsonaro

Reprodução

Kelly Bolsonaro é suplente do deputado distrital Daniel Donizet (PL) e chegou a assumir o cargo por alguns meses no período em que o político se licenciou para ser administrador de Santa Maria. Apesar de não ter Bolsonaro no nome de registro, ela adotou o sobrenome do presidente durante a campanha eleitoral de 2018.

Últimas