Brasília Ministério Público do Trabalho abre concurso para procurador

Ministério Público do Trabalho abre concurso para procurador

São cinco vagas para candidatos com nível superior em Direito; salários iniciais são de R$ 28.947,55

  • Brasília | Carlos Eduardo Bafutto, do R7, em Brasília

Sede do MPT em Brasília-DF

Sede do MPT em Brasília-DF

Reprodução / Foursquare

Foi publicado nesta quarta-feira (8), no Diário Oficial da União, o edital do novo concurso para o cargo de procurador do Ministério Público do Trabalho (MPT). São cinco vagas para as quais os candidatos devem ter formação de nível superior em Direito e três anos de experiência jurídica. O salário inicial é de R$ 28.947,55.

As inscrições podem ser feitas neste link,  a partir de sexta-feira (12) e vão até 12 de setembro. A taxa de inscrição é de R$ 250.  As vagas estão distribuídas entre as sedes das Procuradorias Regionais do Trabalho da 10ª Região – Brasília/DF, da 15ª Região – Campinas/SP e da 21ª Região – Natal/RN e as Procuradorias do Trabalho nos Municípios de Ji-Paraná/RO e Alta Floresta/MT. 

As etapas do concurso consistem em provas objetiva, discursiva, prática, oral e avaliação de títulos. As provas escritas serão aplicadas nas cidades que sediam procuradorias regionais do trabalho e nos municípios de Boa Vista-RR, Macapá-AP, Palmas-TO e Rio Branco-AC. As provas orais serão aplicadas exclusivamente em Brasília.

O concurso será organizado e realizado pelo próprio MPT. Com isso, uma resolução publicada na segunda-feira (8) estabelece que será considerada fundada a suspeição de membro de comissão do concurso na etapa em que participar candidato que seja servidor funcionalmente vinculado, cônjuge, ex-cônjuge, companheiro, ex-companheiro, madrasta, padrasto, enteado ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau.

Também pode ser considerada suspeição quando algum membro da comissão tiver participação societária em entidades que promovam cursos formais ou informais de preparação de candidatos a concursos voltados para carreiras jurídicas, ou contar com parentes em até terceiro grau, em linha reta, colateral ou por afinidade, na condição de sócio ou administrador.

O concurso terá o prazo de validade de dois anos, contados da data da publicação da homologação de seu resultado final, podendo ser prorrogado uma vez por igual período. 

Últimas