Brasília Mulher é morta em casa no Distrito Federal; polícia suspeita de feminicídio

Mulher é morta em casa no Distrito Federal; polícia suspeita de feminicídio

Lesões no corpo da vítima indicam estrangulamento, mas outro laudo dará detalhes e confirmará a perícia

  • Brasília | Paloma Castro*, do R7, em Brasília

Jeanne Santos tinha 31 anos e já havia sofrido um histórico de violência doméstica

Jeanne Santos tinha 31 anos e já havia sofrido um histórico de violência doméstica

Reprodução/Redes Sociais

Uma mulher de 31 anos foi morta dentro de casa, na manhã desta quarta-feira (3), em Ceilândia. A vítima tinha sinais de estrangulamento em seu corpo. Segundo a polícia, o companheiro dela é o principal suspeito. Ele está foragido.

Segundo a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM), o crime é investigado como feminicídio. As lesões no corpo foram indicadas como violência pelo levantamento pericial. Entretanto, o indício ainda precisa ser confirmado por outro laudo. 

O homem, que era companheiro da vítima, pediu ajuda para o Corpo de Bombeiros e alegou que a companheira estava com dificuldades para respirar. Os militares tentaram reanimá-la, mas ela não resistiu. 

Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM)

Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM)

Gil Ferreira/Agência CNJ

Após a tentativa de socorro, o suspeito fugiu.  O homem já tinha histórico de violência doméstica contra sua companheira, segundo a Polícia Civil. Em 2021, a filha do casal registrou uma ocorrência contra o pai, mas o processo foi arquivado.

A investigação segue em sigilo.

*Estagiária sob a supervisão de Fausto Carneiro

Últimas