Brasília Mulher finge pedir pizza para denunciar violência doméstica

Mulher finge pedir pizza para denunciar violência doméstica

Ao invés de pedir o delivery, ela ligou para o 190. Policial no plantão percebeu situação e foi até o endereço da vítima, no DF 

  • Brasília | Jéssica Moura, do R7, em Brasília

O homem usava uma faca para ameaçar a esposa, e a arma branca foi apreendida pela Polícia Militar para perícia

O homem usava uma faca para ameaçar a esposa, e a arma branca foi apreendida pela Polícia Militar para perícia

Divulgação/PMDF

Para se livrar das ameaças do marido, uma mulher decidiu ligar para o telefone de emergência da Polícia Militar, o 190. Porém, para evitar que o companheiro desconfiasse da denúncia, durante a ligação, ela fingiu que pedia uma pizza.

O militar que atendeu ao chamado percebeu a estratégia da vítima para pedir socorro e enviou uma equipe do 8º Batalhão até a casa do casal, na QNP 28 de Ceilândia.

O irmão da moça foi quem recebeu os policiais e confirmou as agressões de que ela era alvo. Ao entrar na casa, os PMs encontraram a mulher acuada, segurando o filho, um bebê de colo. Ela relatou as ameaças do companheiro, que amolava uma faca na frente dela alegando que iria matá-la. A arma branca foi apreendida e encaminhada para a perícia. O homem foi preso e levado para a 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia Centro).

De acordo com a vítima, ela era agredida pelo marido de forma recorrente, mas tinha medo de denunciá-lo. A mulher ainda contou que viveu uma situação parecida na infância, quando o pai dela fazia ameaças à mãe, também com uma faca. Ela afirmou que foi assim que a mãe dela foi assassinada.  

Por dia, são registrados em média 40 casos de violência doméstica no Distrito Federal. Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública, até junho deste ano, 7.869 casos desse tipo foram denunciados. 

Últimas