Brasília Na 1ª viagem como presidente, Lula vai ao velório de Pelé, em SP, nesta terça

Na 1ª viagem como presidente, Lula vai ao velório de Pelé, em SP, nesta terça

Cerimônia de despedida ocorre no município de Santos; previsão é que o chefe do Executivo federal chegue ao local por volta de 9h

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-jogador Pelé, único a ganhar três Copas do Mundo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-jogador Pelé, único a ganhar três Copas do Mundo

Reprodução Ricardo Stuckert

A primeira viagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) neste terceiro mandato ocorrerá nesta terça-feira (3) e será para acompanhar o velório do jogador de futebol Edson Arantes do Nascimento, o Pelé.

A cerimônia de despedida do atleta começou nessa segunda (2) e ocorre em Santos, município no litoral de São Paulo. A previsão é que o chefe do Executivo federal compareça ao local por volta de 9h, uma hora antes do término. O palco do adeus a Pelé é o Estádio Urbano Caldeira, a Vila Belmiro.

VEJA NA GALERIA ABAIXO: multidão se despede do rei durante velório em Santos

O jogador morreu aos 82 anos em um hospital particular, em São Paulo, na última quinta-feira (29). Pelé ficou um mês internado por causa de complicações de um câncer de cólon, descoberto em 2019.

Despedida reúne amigos, familiares e políticos

As primeiras horas do velório de Pelé deram a grandeza daquele que, por muito mérito, foi considerado o maior jogador de todos os tempos.

Numa Vila Belmiro que recebeu grandes personalidades do futebol nacional e internacional, políticos e familiares, cerca de 27 mil pessoas — até às 20h (de Brasília) dessa segunda, de acordo com dados da assessoria do Santos FC — enfrentaram filas que contornavam praticamente todos os arredores de Urbano Caldeira, além de um calor que, segundo os termômetros da cidade de Santos, litoral de São Paulo, chegaram a marcar até 34ºC.

VEJA NO VÍDEO ABAIXO: Pelé chegou a jogar em Brasília e foi ministro do Esporte

Os portões da vila mais famosa do mundo abriram pontualmente às 10h. Os primeiros fãs a entrar chegaram a viajar por até 8 horas para se despedirem do Rei, dormiram na fila, e sequer eram santistas. Na passagem pelo corpo de Pelé, que foi colocado no centro do gramado, a emoção era grande, mesmo com uma distância considerável em relação as pessoas que tinham acesso à tenda onde estava o caixão do lendário ex-jogador.

A primeira personalidade a entrar foi Gilmar Mendes, ministro do STF (Superior Tribunal de Justiça) e torcedor do Santos. Pouco depois, Gianni Infantino, Ednaldo Rodrigues e Alejandro Domínguez, presidentes da Fifa, CBF e Conmebol, respectivamente, passaram pelo portão 15, destinado às autoridades.

Últimas