Brasília No DF, público que começou ciclo vacinal com Janssen deve tomar a 3ª dose

No DF, público que começou ciclo vacinal com Janssen deve tomar a 3ª dose

Para esse grupo, reforço deve ser do mesmo fabricante, da Pfizer ou da AstraZeneca; GDF ampliou pontos de vacinação noturna

  • Brasília | Jéssica Moura, do R7, em Brasília

Janssen: 2° reforço é indicado 4 meses após o 1°, que deve ser tomado 2 meses após dose única

Janssen: 2° reforço é indicado 4 meses após o 1°, que deve ser tomado 2 meses após dose única

Robyn Beck/AFP - 19.08.2021

Após orientação do governo federal, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal vai passar a aplicar a terceira dose da vacina da Janssen contra o coronavírus para pessoas que iniciaram o ciclo vacinal com esse imunizante. A medida entrou em vigor nesta quarta-feira (22), e a estimativa da pasta é que cerca de 60 mil habitantes do DF possam receber o reforço.

Com a determinação, a população até 39 anos terá de se imunizar com três doses da vacina, assim como já é indicado para as vacinas das demais marcas. Quem tem a partir de 40 anos deve receber quatro doses dos imunizantes.

No início da campanha, a vacina da Janssen, que era de dose única, foi priorizada para professores, pessoas em situação de rua, população privada de liberdade e trabalhadores do sistema prisional.

Confira como ficou o esquema de vacinação com a Janssen:
• dose única inicial + duas doses de reforço;
• o primeiro reforço deve ser ministrado dois meses depois da dose única (pode ser usado o fármaco da Janssen, da Pfizer ou da AstraZeneca);
• o segundo reforço é indicado quatro meses depois do primeiro (também com as vacinas dos três fabricantes citados acima).

As grávidas e puérperas que tomaram a dose única da Janssen devem receber os reforços com vacinas da Pfizer ou da CoronaVac.

Ampliação de postos

A vacinação no período noturno, das 19h às 22h, foi ampliada nesta terça-feira (21) para mais 14 postos no Areal, Ceilândia, Gama, Guará, Paranoá, Plano Piloto, Santa Maria, São Sebastião, Taguatinga e Vicente Pires. A lista com os locais de vacinação e doses ofertadas é atualizada diariamente pela Secretaria de Saúde.

Vacinação

Diante do avanço dos casos de Covid-19 no Distrito Federal, o governador Ibaneis Rocha tem dito que a estratégia do governo para conter os contágios é ampliar a imunização. Até esta quarta-feira, o painel do Vacinômetro registrava que 42,6% da população brasiliense recebeu três doses de vacinas.

Enquanto isso, entre os dias 13 e 19 de junho, as notificações de diagnósticos subiram 12,4% no DF. Ao todo, 44.751 pacientes estão doentes na capital federal. A taxa de transmissão do coronavírus está em 1,62 (uma pessoa transmite o vírus para outras seis), o que indica aceleração no ritmo de contágio.

Últimas