Rússia x Ucrânia

Brasília No Twitter, Ucrânia pede banimento da Rússia da rede social

No Twitter, Ucrânia pede banimento da Rússia da rede social

Perfil da Ucrânia publicou que o governo russo não deve 'usar essas plataformas enquanto mata brutalmente o povo ucraniano'

  • Brasília | Alan Rios, do R7, em Brasília

Tanque de guerra

Tanque de guerra

Stringer/Reuters - 24.2.2020

O perfil oficial da Ucrânia no Twitter pediu o banimento da Rússia da rede social. Em postagem na tarde desta quinta-feira (24), a Ucrânia argumentou que o governo russo não deve “usar essas plataformas para promover sua imagem enquanto mata brutalmente o povo ucraniano”.

O tuíte ainda afirma que “não há lugar para um agressor como a Rússia nas plataformas de mídia social ocidentais”. Mais cedo, a conta do governo ainda postou um desenho que retrata Adolf Hitler aprovando a ação do presidente russo, Vladimir Putin, que determinou a invasão do país nesta madrugada.

Putin autorizou a operação militar na região separatista no leste da Ucrânia, nas cidades de Lugan e Donetsk. Em pronunciamento na TV, o dirigente afirmou que a intenção não é ocupar o país vizinho, mas desmilitarizá-lo.

Em resposta à invasão, o presidente da Ucrânia, Volodmir Zelenski, decretou a lei marcial no país. Pela decisão, o governo substitui todas as leis e autoridades civis por leis militares, definidas por autoridades militarizadas. Essa medida, normalmente, é implantada em resposta aos cenários de extremo conflito e a crises civis e políticas.

Últimas