Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Nova diretoria da Associação dos Juízes Federais do Brasil toma posse para o biênio 2024-2026

Caio Marinho foi eleito presidente da Ajufe e afirmou que vai atuar pela valorização da magistratura e pela defesa da Justica Federal

Brasília|Do R7, em Brasília

Ajufe vai realizar a Expedição da Cidadania no RS (Giovanna Inoue/R7 - 5/6/24)

A nova diretoria eleita para o biênio 2024-2026 da Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil), escolhida com 90% de aprovação, tomou posse na noite desta quarta-feira (5). Caio Marinho foi eleito presidente e assume o cargo no lugar de Nelson Alves. Ele afirmou que vai atuar pela valorização da magistratura e pela defesa da Justica Federal.

“A magistratura independente e forte têm relação orgânica e indissolúvel com a democracia e com a cidadania.”

(Caio Marinho, presidente da Ajufe)

O atual presidente disse também que a magistratura é “a primeira a ser atacada pelos regimes autoritários e antidemocráticos” e que vai lutar pela independência judicial e em defesa das prerrogativas de magistrados federais”.

Além disso, Marinho afirma que pretende efetivar os eventos acadêmicos para instrução de temas relevantes para a magistratura e a Justiça Federal.

Presente no evento, o presidente do (STF) Supremo Tribunal Federal, ministro Luís Roberto Barroso, afirmou que um juiz “vocacionado, íntegro e trabalhador” é uma benção para a cidadania.

Publicidade
“Democracia e justiça precisam de juízes independentes, corajosos, que não possam ser intimidados e imunes a retaliações.”

(ministro Luís Roberto Barroso, presidente do STF)

O ex-presidente Nelson Alves afirmou que, durante o mandato dele, a Ajufe teve um aumento no número de associados e citou que foi um período de “muitas conquistas e avanços” na magistratura federal. Ele disse que Marinho é “absolutamente capacitado” para o cargo e que fará uma “gestão brilhante”.

Também prestigiaram o evento o autoridades como o ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski; o ministro do (STJ) Superior Tribunal de Justiça Humberto Martins; o Advogado-Geral da União, Jorge Messias; e o corregedor-geral da União, Vinicius Carvalho.

Expedição da Cidadania no RS

Marinho anunciou que a Ajufe vai realizar, nos próximos meses, a Expedição da Cidadania no Rio Grande do Sul. A ação tem o objetivo de contribuir para o acesso da população a serviços essenciais. A expedição ocorre desde 2009, e o estado foi escolhido por causa das fortes chuvas que causaram danos no último mês.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.