Brasília Novo CRAS no DF alivia demanda reprimida de 12 mil famílias

Novo CRAS no DF alivia demanda reprimida de 12 mil famílias

Centro de Referência de Assistência Social foi instalado na quadra 113 do Recanto das Emas, no DF, neste sábado (11)

  • Brasília | Jéssica Moura, do R7, em Brasília

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB) inaugurou na manhã deste sábado (11) mais uma unidade do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), na região do Recanto das Emas. O equipamento público deve atender a 5 mil famílias da região com serviços socioassistenciais e foi instalado na quadra 113.

Apesar de celebrar a inauguração, Ibaneis lamentou a abertura do CRAS porque considera que este é um indicativo de que a população está em situação vulnerável. "Abrir CRAS deveria ser motivo de preocupação para governantes, porque isso significa que a população precisa de serviços, está carente, em situação de vulnerabilidade", disse.

Cras na quadra 113 é o segundo equipamento do tipo na região

Cras na quadra 113 é o segundo equipamento do tipo na região

Renato Alves/Agência Brasília

"[É uma medida] que tem que ser aplicada até termos condições de dar emprego a toda a população", ponderou o governador. "Temos 12 mil famílias que tiveram o atendimento represado e vão passar a ter uma porta de atendimento", ressaltou Ibaneis.

Durante a pandemia de Covid-19, o atendimento nos CRAS do Distrito Federal chegou a ser suspenso por dez meses, e se manteve no regime remoto. O serviço presencial foi retomado em janeiro deste ano, mediante agendamento on-line para evitar aglomerações.

"Esse é o grande desafio dessa gestão, olhar para cenário que vem crescendo na vulnerabilidade", frisou a secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha. "Lógico que a pandemia trouxe a necessidade de acelerar esses espaços", prosseguiu. "Essas reclamações vem acontecendo, de demanda reprimida, mas o CRAS é sim nosso foco de trabalho".

Esse é o segundo CRAS da região, que concentra a terceira maior demanda do Distrito Federal por atendimentos de assistência social, atrás apenas de Samambaia e Ceilândia. A equipe conta com assistentes sociais, psicólogo, agentes sociais e técnico administrativo, além de um gerente. 

O CRAS é um equipamento público destinado ao apoio a pessoas em situação de vulnerabilidade social, e viabiliza o acesso a programas sociais, como Bolsa Família e DF Sem Miséria, ao inscrever as famílias no Cadastro-Único (CadÚnico). Ao todo, o DF dispõe de 27 CRAS.

No caso do Recanto das Emas, a renda per capta estimada pela Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios (Pdad), de 2018, da Companhia de Planejamento (Codeplan), foi de R$ 859. Mais da metade dos moradores sobrevive com renda de um a dois salários mínimos (59,6%).

Vale-gás

Ainda durante o evento, Ibaneis Rocha afirmou que pode aumentar o valor do vale-gás nos próximos meses. "Vamos ter que reformar, porque o gás está subindo demais. Tem gente que está recebendo a cesta básica, mas não tem como cozinhar", disse o governador. "Precisam de mais recursos para comprar pelo menos um botijão".

No cartão do vale-gás, o valor de R$ 100 é creditado a cada dois meses e passou a ser pago em setembro para pessoas cuja renda é de até meio salário-mínimo (R$550). O preço do produto chegou a sofrer sucessivos aumentos ao longo do ano, e é vendido a cerca de R$ 99, segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Últimas