Brasília Polícia prende motorista de aplicativo por pedofilia e extorsão de uma menina de 12 anos no DF

Polícia prende motorista de aplicativo por pedofilia e extorsão de uma menina de 12 anos no DF

Homem teria tirado fotos íntimas da criança durante uma corrida e ameaçado publicar na internet caso ela não mandasse vídeos 

  • Brasília | Giovanna Inoue, do R7, em Brasília

Joel Rodrigues/Agência Brasília

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF)prendeu nesta terça-feira (9) um motorista de aplicativo suspeito de pedofilia e extorsão contra uma menina de 12 anos. Segundo a corporação, o homem de 56 anos coagiu a criança, durante uma corrida, a retirar a roupa e tirou fotos das partes íntimas dela. O suspeito teria tentado tocar na menina, mas ela não permitiu.

Ainda segundo a PCDF, no mesmo dia da corrida, o motorista ligou para a menina e ameaçou divulgar as fotos na internet e para a mãe da criança caso ela não enviasse vídeos íntimos.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsaApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

Durante a busca na residência do motorista, a polícia encontrou, no celular do suspeito, as fotos das partes íntimas da menina e os registros de ligações realizadas. A mãe da vítima entregou à polícia as roupas e acessórios utilizados pela criança no dia do crime, e eles eram os mesmos que apareciam nas fotos no celular do homem.

O homem foi preso e indiciado por extorsão, armazenamento de pornografia infantil e estupro de vulnerável. Caso condenado, o suspeito pode pegar até 30 anos de prisão.

Últimas