Brasília PF: Ação contra tráfico em aviões da FAB prende homem com R$ 80 mil

PF: Ação contra tráfico em aviões da FAB prende homem com R$ 80 mil

Suspeito também estava com drogas e balança de precisão. Diligências estão sendo realizadas para aprofundar informações 

  • Brasília | Renato Souza, do R7, em Brasília

Sede da PF, em Brasília

Sede da PF, em Brasília

Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (22) a terceira fase de uma operação que investiga o uso de aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) para o tráfico internacional de drogas. Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão no Distrito Federal. As diligências realizadas até agora apontam que as aeronaves eram utilizadas para o transporte do material ilícito até a Europa.

Durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão, em Brasília, a Polícia Federal prendeu um suspeito com R$ 80 mil em espécie, balança de precisão e drogas. 

De acordo com informações obtidas pelo R7, o homem é um dos suspeitos de integrar a organização criminosa especializada no envio de drogas para a Europa. Ele foi preso em flagrante e levado para a Superintendência Regional da Polícia Federal no Distrito Federal. 

A Operação Quinta Coluna busca desbaratar a rede criminosa, identificar o papel de cada integrante do grupo e apurar os crimes que foram cometidos por cada suspeito. De acordo com a PF, as ações desta nova etapa buscam "provas em torno do núcleo responsável por recrutar “mulas” para realizar o tráfico internacional de drogas nos aviões da FAB".

As investigações sobre o caso tiveram início após a prisão do sargento Manoel Silva Rodrigues, que foi flagrado em Sevilha, na Espanha, em junho de 2019, com 29 quilos de cocaína em um dos aviões da comitiva da Presidência da República que estava em missão no país. Manoel morava em Taguatinga, região administrativa localizada a 20 quilômetros do centro de Brasília.   

Últimas