Brasília Lula compara desempenho do PIB do Brasil com atuação do Corinthians no Brasileirão

Lula compara desempenho do PIB do Brasil com atuação do Corinthians no Brasileirão

Economia brasileira cresceu 0,1% no terceiro trimestre na comparação com os três meses anteriores, segundo dados do IBGE

  • Brasília | Do R7, em Brasília

Lula compara PIB do Brasil com Corinthians

Lula compara PIB do Brasil com Corinthians

Ricardo Stuckert / PR / 22.11.2023

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fez uma comparação do crescimento econômico do país neste ano com o desempenho do Corinthians no Brasileirão. Durante uma live nas redes sociais, nesta terça-feira (5), o ministro da Secretaria da Comunicação Social, Paulo Pimenta, disse que o mercado financeiro esperava uma retração da economia brasileira, mas que o país cresceu 0,1% no terceiro trimestre na comparação com os três meses anteriores. Na sequência, Lula comparou a situação com a do clube paulista e disse que muitos apostaram que o time seria rebaixado neste ano.

"O mercado estava falando em -0,3%, cresceu 0,1%. Com isso, o Ministério do Planejamento e, principalmente, a equipe do ministro Haddad estão vibrando, porque isto é a garantia que o PIB neste ano cresce mais que 3%, 3,1%, 3,2%. Todo o nosso governo está de parabéns. É a notícia do momento no Brasil", afirmou Pimenta.

Na sequência, Lula disse: "O que é importante é que tem gente apostando que o Corinthians ia ser rebaixado, e o Corinthians não vai ser mais rebaixado porque o Bahia perdeu". "Apesar de ter perdido pro Inter, por 2 a 1, ainda assim vai ficar na primeira divisão", completou Pimenta. As declarações foram feitas durante o Conversa com o Presidente, diretamente de Berlim, na Alemanha, onde Lula cumpre agenda pública.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), mesmo com a desaceleração, o PIB (Produto Interno Bruto) — soma de todos os bens e serviços finais produzidos no país — opera 7,2% acima do nível pré-pandemia, registrado no último trimestre de 2019.

Em valores finais, a economia nacional produziu R$ 2,741 trilhões entre julho e setembro, desempenho 3,2% melhor na comparação com o mesmo período do ano passado, mostra o SCNT (Sistema de Contas Nacionais Trimestrais).

Mesmo positivo, o resultado do terceiro trimestre confirma a tendência de perda de ritmo da atividade econômica já observada nos três meses anteriores, quando o PIB nacional avançou 1% na comparação com a alta de 1,4% apurada no primeiro trimestre deste ano, puxada pelo bom desempenho da agropecuária (+12,5%).

Últimas