Meio Ambiente

Brasília Polícia busca cobra exótica solta por engano em mata do DF

Polícia busca cobra exótica solta por engano em mata do DF

Militares soltaram a cobra nativa da Ásia achando se tratar de uma jiboia; militares procuram a serpente com ajuda do zoológico

  • Brasília | Alan Rios, do R7, em Brasília

Píton solto em mata do Gama

Píton solto em mata do Gama

PMDF/Divulgação

Equipes do Batalhão da Polícia Militar Ambiental do Distrito Federal, do Zoológico de Brasília e de outros órgãos ambientais estão à procura de uma cobra que foi solta na região do Gama após um erro de identificação. O animal é um píton, nativo da Ásia, o segundo maior do mundo em sua espécie, e pode causar problemas graves ao ecossistema.

A cobra foi solta pela própria equipe ambiental da PM, que a resgatou, mas achou se tratar de uma jiboia e a soltou em uma área de mata. O biólogo do Instituto Vital Brazil e doutor em medicina tropical Claudio Machado explicou ao R7 que animais exóticos que não são da nossa fauna “podem causar grandes estragos.”

Isso pode levar, em tese, até a extinção de espécies em uma determinada região. Além disso, esses animais trazem bactérias e microrganismos que não estão presentes na nossa fauna, e possivelmente nossos animais não têm proteção contra eles. Por isso o problema de elas dominarem a região, como ocorreu nos locais nos Estados Unidos onde foram introduzidas. Hoje são uma praga em muitos estados americanos

Claudio Machado

Em nota, a PM ressaltou que o Batalhão, juntamente com o zoológico e demais órgãos ambientais, já está à procura do píton, que “era extremamente calmo”. “O Batalhão de Policiamento Ambiental realiza um trabalho de excelência com altos índices de produtividade, com o apoio do Centro de Triagem e Reabilitação de Animais Silvestres (Cetas) e muitas vezes com o auxílio de clínicas privadas para realizar o manejo desses animais na tentativa de salvar a todos de forma que voltem saudáveis ao seu hábitat.”

Últimas