Brasília Prazo para justificar ausência no primeiro turno termina nesta quinta-feira

Prazo para justificar ausência no primeiro turno termina nesta quinta-feira

A ausência poderá ser justificada pelo e-Título, pelo Sistema Justifica ou por meio do envio do requerimento de justificativa

Urna eletrônica após registro de voto

Urna eletrônica após registro de voto

Edu Garcia/R7 - 07.10.2022

Os eleitores que não votaram no primeiro turno das eleições de 2022, realizado em 2 de outubro, têm até esta quinta-feira (1º) para justificar a ausência à Justiça Eleitoral. No caso das abstenções no segundo turno, a justificativa poderá ser feita até 9 de janeiro de 2023.

A ausência pode ser justificada pelo aplicativo e-Título, pelo Sistema Justifica ou por meio do envio do requerimento de justificativa eleitoral (pós-eleição) à zona eleitoral responsável. Caso o eleitor não tenha comparecido aos dois turnos, é necessário justificar as duas ausências.

Para os eleitores que estão fora do país e não se cadastraram para votar na localidade em que estavam, o prazo será de 30 dias contados a partir da data do retorno ao Brasil.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), aqueles que não justificarem a ausência deverão pagar uma multa de R$ 3,51 para regularizar a situação. Aqueles que faltarem a três eleições seguidas e não pagarem a multa podem ter o título de eleitor cancelado.

Abstenções

No Distrito Federal, a proporção de eleitores que não compareceram às urnas chegou a 17,57%. Na última eleição geral, realizada em 2018, o índice de abstenção foi de 18,71%. De acordo com o TSE, no primeiro turno, Rondônia foi a unidade da Federação com mais ausentes: 24,6%. No segundo turno, o Acre ficou em primeiro lugar no número de abstenções, com 28,39%.

Últimas