Brasília Republicanos completa 16 anos e almeja ampliar nº de parlamentares

Republicanos completa 16 anos e almeja ampliar nº de parlamentares

Bancada tem 32 deputados federais e 1 senador; partido é presidido atualmente pelo deputado Marcos Pereira (SP)

  • Brasília | Do R7, em Brasília

Palácio do Congresso Nacional, em Brasília

Palácio do Congresso Nacional, em Brasília

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O Republicanos, registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em agosto de 2005, completa nesta quinta-feira (25) 16 anos. O partido político tem 484,2 mil filiados, segundo dados do TSE. Com esse número, é o décimo maior do País.

Apesar de só ter obtido o registro em 25 de agosto de 2005, o partido foi fundado em 2003 por nomes como o do ex-vice-presidente da República José de Alencar. Originalmente, chamava-se Partido Municipalista Renovador (PMR). No ano seguinte, passou a ser conhecido como Partido Republicano Brasileiro (PRB). Em 2019, o partido mudou novamente de nome para Republicanos, sem usar sigla.

Deputado Marcos Pereira, presidente do Republicanos

Deputado Marcos Pereira, presidente do Republicanos

Foto: Divulgação/Facebook

O Republicanos é presidido atualmente pelo deputado Marcos Pereira (SP). “Os partidos políticos são importantes porque têm um papel institucional de representação da população e do debate democrático. Nós estamos planejando aumentar nossa bancada no Senado e fortalecer a bancada de deputados federais e estaduais, apesar de vermos, em 2022, um cenário totalmente polarizado entre esquerda e direita”, disse.

Durante sua história, o Republicanos foi de base aliada dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Dilma Rousseff (PT) a apoiador do impeachment da mandatária, em 2016. A partir do impeachment, passou a compor a base do governo Michel Temer (MDB). Atualmente, o Republicanos compõe a base do governo de Jair Bolsonaro (sem partido).

O partido é liderado na Câmara pelo deputado federal Hugo Motta (PB). “O Republicanos já fez história no parlamento brasileiro. Apesar de sermos um partido jovem, temos uma bancada atuante de 32 parlamentares”, disse o líder, em vídeo comemorativo.

Integram a bancada Aline Gurgel (AP), Amaro Neto (ES), Aroldo Martins (PR), Benes Leocádio (RN), Capitão Alberto Neto (AM), Carlos Gomes (RS), Celso Russomanno (SP) (deputado federal mais votado em 2014 em todo o Brasil, com mais de 1,5 milhão de votos), Cléber Verde (MA), Gil Cutrim (MA), Gilberto Abramo (MG), Hélio Costa (SC), Henrique do Paraíso (SP), o próprio Hugo Motta (PB) (líder do partido na Câmara), Jhonatan de Jesus (RR), João Campos (GO), Jorge Braz (RJ), Julio Cesar Ribeiro (DF), Lafayette de Andrade (MG), Luizão Goulart (PR), Márcio Marinho (BA), Marcos Pereira (SP), Maria Rosas (SP), Ossessio Silva (PE), Pastor Marcos Feliciano (SP), Roberto Alves (SP), Rosangela Gomes (RJ), Severino Pessoa (AL), Silas Câmara (AM), Silvio Costa Filho (PE), Tia Eron (BA), Vavá Martins (PA) e Vinicius Carvalho (SP). No senado, o único representante do partido é Mecias de Jesus (RR).

Últimas