Brasília Saúde não garantirá doses para estados que descumprirem PNI

Saúde não garantirá doses para estados que descumprirem PNI

Em nota, o Ministério da Saúde diz que pode faltar vacina e alerta que alterações podem influenciar a eficácia da imunização 

  • Brasília | Do R7, em Brasília

Estados e municípios que definem os próprios planos de vacinação correm o risco de ficar sem vacina

Estados e municípios que definem os próprios planos de vacinação correm o risco de ficar sem vacina

ALOISIO MAURICIO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Em nota oficial publicada nesta quarta-feira (1º), o Ministério da Saúde advertiu que não garantirá doses para os estados e municípios que definem seus próprios esquemas vacinais e não seguem o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação (PNO) contra a Covid-19. Planos voltados para imunizar adolescentes e dose de reforço são pontos de divergência entre Ministério da Saúde e unidades da Federação.

A pasta ressalta que as decisões sobre a aplicação das doses de reforço, redução de intervalo entre as doses, intercambialidade de vacinas, vacinação de gestantes e adolescentes, entre outras, são baseadas em evidências científicas. 

“Essas alterações nas recomendações do PNO podem influenciar a segurança e eficácia das vacinas na população e podem ainda acarretar a falta de doses do Plano Nacional de Vacinação para completar o esquema vacinal na população brasileira”, alerta nota emitida pelo MS.

Últimas