Brasília Secretaria de Saúde do DF vai realizar 849 cirurgias após fechar parceria com hospitais privados

Secretaria de Saúde do DF vai realizar 849 cirurgias após fechar parceria com hospitais privados

Procedimentos são remanescentes de força-tarefa para operações de hérnia, vesícula e histerectomia

  • Brasília | Rafaela Soares, do R7, em Brasília

Parceria vai permitir a realização de 849 cirurgias

Parceria vai permitir a realização de 849 cirurgias

Foto: Matheus Oliveira/Agência Saúde

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal anunciou a realização de 849 cirurgias eletivas – procedimentos programados e sem urgência – após um contrato com cinco hospitais privados de Brasília. A lista das instituições foi publicada em edição extra do Diário Oficial do DF na quinta-feira (18). Vão ser realizadas operações de hérnia, vesícula e histerectomia (remoção do útero).

Além das cirurgias, os contratos incluem consultas pré e pós-operatórias; consulta pré-anestésica; equipamentos, insumos e curativos pós-operatórios; biópsias (para as colecistectomias e histerectomias) e internação pós-operatória por 48 horas.

Leia mais: Governo abre edital com 5,9 mil vagas para o novo Mais Médicos

A pasta também espera formalizar contratos com outras instituições até a próxima semana. Depois disso, as entidades terão prazo de 120 dias para concluir as cirurgias.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram

A ação faz parte de uma força-tarefa que começou em outubro do ano passado para que fossem feitas 3.233 cirurgias em hospitais da rede privada. Desse total, as instituições finalizaram 2.384 procedimentos.

Os pacientes beneficiados são usuários já acompanhados pela rede pública e encaminhados de acordo com as prioridades do Complexo Regulador do Distrito Federal. As empresas privadas de saúde passam por avaliação técnica, administrativa e jurídica.

Últimas