Brasília Terracap abre licitação do Aeroporto Executivo de Brasília

Terracap abre licitação do Aeroporto Executivo de Brasília

Empresa vencedora terá o direito de administrar o terminal aéreo por 30 anos prorrogáveis por igual período

  • Brasília | Luiz Calcagno, do R7, em Brasília

Aeroporto Executivo de Brasília tem cerca de 90 hangares

Aeroporto Executivo de Brasília tem cerca de 90 hangares

Terracap/Divulgação

A Terracap (Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal) publicou, no Diário Oficial do Distrito Federal desta quinta-feira (30), o edital de licitação para concessão do Aeroporto Executivo de Brasília. A empresa vencedora administrará o aeroporto pelos próximos 30 anos com a possibilidade de renovação por mais 30 anos.

Desde que foi reintegrado, o terminal aéreo vem sendo administrado pela Infraero. 

De acordo com o edital divulgado pelo governo, a outorga mínima é de R$ 8,6 milhões. As empresas que quiserem disputar o direito de administração do aeroporto têm até 90 dias para mandar os documentos necessários para a Terracap. Será preciso enviar a documentação de credenciamento, a de habilitação, a proposta comercial e a garantia de proposta.

O terminal aéreo fica em São Sebastião e tem cerca 2,7 milhões de m², com cerca de 90 hangares e pista adequada para aeronaves de categoria 2B. O vencedor do certame poderá expandir o horário de atuação do aeroporto, que registrou 5 mil pousos e decolagens em 2020, e terá o direito, também, de construir novas estruturas, como pistas ou helipontos.

A exploração do Aeroporto Executivo de Brasília vai permitir, também, a criação de um comércio local, com lojas de conveniência e serviços de hotelaria, por exemplo. Também está prevista a criação de um centro de treinamento e manutenção de aeronaves.

Últimas