Brasília TJ-SP manda Lula pagar R$ 27 mil a advogados de jornalistas

TJ-SP manda Lula pagar R$ 27 mil a advogados de jornalistas

Decisão foi dada pela juíza Andrea Ferraz Musa; ação questionava capa de revista com a imagem de Marisa Letícia

  • Brasília | Do R7, em Brasília

Na imagem, ex-presidente Lula

Na imagem, ex-presidente Lula

Carla Carniel/Reuters - 12.8.2021

A juíza Andrea Ferraz Musa, do TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo), determinou ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) o pagamento dos honorários advocatícios de jornalistas de uma revista semanal em ação que questionava a capa da publicação com a ex-primeira-dama Marisa Letícia. De acordo com a decisão, assinada em outubro, o petista deve efetuar o pagamento do valor atualizado — cerca de R$ 27.046,65. Não há possibilidade de recurso.

"Defiro o início da execução dos honorários advocatícios, visto que não há qualquer recurso pendente que suspenda a execução", diz a juíza.

A reportagem foi veiculada em maio de 2017. A capa estampava uma foto de Marisa Letícia com o título “A morte dupla”, com a informação de que o ex-presidente, em depoimento ao ex-juiz da Lava Jato Sergio Moro, teria atribuído à ex-primeira-dama a decisão sobre o tríplex no Guarujá (SP).

Os advogados do ex-presidente argumentam que a reportagem distorceu o conteúdo, “já que [Lula] jamais atribuiu à sua falecida esposa as condutas imputadas naquele processo”. Em seguida, afirmam que o objetivo da matéria é “estremecer a sua reputação, construída ao longo de anos”, que ela possui “cunho injurioso e desrespeita a memória” de Marisa Letícia. Por isso, pediram indenização de R$ 100 mil. No entanto, o recurso foi rejeitado.

A reportagem procurou os advogados do ex-presidente e aguarda retorno.

Últimas