Brasília Universitário que se preparava para atos terroristas é preso em Goiás

Universitário que se preparava para atos terroristas é preso em Goiás

Polícia Federal cumpriu três mandados de busca e um de prisão na cidade de Jataí, a cerca de 320 km de Goiânia, nesta terça-feira (12)

  • Brasília | Marcos Aurélio Silva, da Record TV

Polícia Federal divulgou pichação escrita em carteira da universidade atribuída ao estudante

Polícia Federal divulgou pichação escrita em carteira da universidade atribuída ao estudante

DIVULGAÇÃO/POLÍCIA FEDERAL

Um estudante da Universidade Federal de Jataí, a cerca de 320 km de Goiânia, em Goiás, foi preso pela Polícia Federal, nesta terça-feira (12), por fazer ameaças e se preparar para atos terroristas, segundo os investigadores. A prisão ocorreu durante a Operação Sicário, que cumpriu três mandados de buscas e um de prisão. O universitário não teve o nome nem a idade revelados.

A investigação começou após comunicação da instituição de ensino de que um aluno teria feito graves ameaças contra a comunidade universitária. Durante as investigações, foram constatados fortes indícios que revelaram possível atentado.

Mensagem postada pelo universitário preso

Mensagem postada pelo universitário preso

REPRODUÇÃO/POLÍCIA FEDERAL

Em uma mensagem, o estudante diz que gosta de "desafios grandes" e que "tem muitas pessoas lixos nesse mundo". Na mesma postagem, ele afirma ainda que, se estiver vivo, colocará "uma galera na linha”.

O investigado poderá responder pelo crime de realização de atos preparatórios de terrorismo (art. 5º da lei 13.260/2016). A pena prevista é de até oito anos de reclusão, fora outros crimes que venham a ser elucidados até a conclusão das investigações.

Últimas