Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Vacinação antirrábica é antecipada e começa nesta quarta (6) no DF

Secretaria de Saúde antecipou a campanha após caso de raiva humana ser confirmado na capital; cães e gatos podem se vacinar

Brasília|Karla Beatryz, do R7, em Brasília


Campanha de vacinação contra a raiva começa nesta quarta-feira (6) no DF
Campanha de vacinação contra a raiva começa nesta quarta-feira (6) no DF

A campanha de vacinação contra o vírus da raiva, que estava prevista para agosto, foi antecipada e começa nesta quarta-feira (6) no Distrito Federal. A Secretaria de Saúde decidiu pela alteração da vacinação antirrábica para alertar a população e prevenir a doença, após um caso de raiva humana ter sido confirmado na capital federal. O DF havia registrado apenas um caso de raiva em humanos, em 1978.

Pontos de vacinação serão montados no DF e ficarão abertos das 9h às 17h. Segundo a secretaria, pontos volantes também serão disponibilizados, em parceria com clínicas veterinárias. O diretor de Vigilância Epidemiológica, Fabiano dos Anjos Martins, afirma que é possível prevenir a doença e recomenda que os animais sejam vacinados anualmente, a partir dos 3 meses.

Clique aqui para conferir os pontos de vacinação.

A campanha espera vacinar ao menos 80% da população animal do DF. Segundo estimativa da Secretaria de Saúde, existem atualmente 308.419 cães e 36.613 gatos na capital. O último caso diagnosticado de raiva em cães em Brasília foi em 2000, e em gatos, no ano de 2001. 

Publicidade

A transmissão

A raiva é uma doença infecciosa que geralmente ataca mamíferos. O vírus é transmitido através da saliva de animais infectados. O contágio pode ocorrer por mordidas, arranhões ou lambidas em feridas e mucosas. O médico veterinário e diretor-substituto da Vigilância Ambiental, Laurício Monteiro da Cruz, explica que as áreas de possível contágio devem ser higienizadas.

A recomendação é lavar o local do contágio com água e sabão, para diminuir a possibilidade de propagação do vírus. Interagir com animais desconhecidos, principalmente quando estiverem se alimentando, com filhotes ou dormindo, deve ser evitado.

Publicidade
Conheça o ciclo da raiva
Conheça o ciclo da raiva

Os locais disponíveis para vacinação e aplicação de soro em caso de infecção em humanos pode ser conferido aqui. 

Cuidados e sintomas da raiva

Segundo o Ministério da Saúde, os sintomas da raiva são inespecíficos. Entre eles, o paciente pode apresentar:

Publicidade

• mal-estar geral;

• febre;

• anorexia;

• dor de cabeça;

• náuseas;

• dor de garganta;

• entorpecimento;

• irritabilidade;

• inquietude; e

• sensação de angústia.

Espasmos dos músculos da laringe, faringe e língua também fazem parte dos sintomas, quando o paciente vê ou tenta ingerir líquido. O comportamento é chamado de hidrofobia. Os espasmos podem evoluir para um quadro de paralisia, levando a alterações cardiorrespiratórias. O período de evolução do quadro clínico até o óbito pode variar de dois a sete dias.

Caso no DF

Um jovem, entre 15 e 19 anos, foi o primeiro caso de raiva confirmado na capital após 44 anos. A confirmação da Secretaria de Saúde ocorreu na tarde desta terça-feira (5). Segundo a pasta, ele foi infectado após ser arranhado por um gato e está internado em estado grave.

*Estagiária, sob supervisão de Fausto Carneiro

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.