Brasília Vacinação não tem relação com volta às aulas, diz Queiroga

Vacinação não tem relação com volta às aulas, diz Queiroga

Ministro da Saúde evitou associar a vacinação de crianças contra a Covid-19 com a volta às aulas 

  • Brasília | Hellen Leite, do R7, em Brasília

"É parar de criar espuma em questões que são secundárias", diz Queiroga sobre vacinação de crianças

"É parar de criar espuma em questões que são secundárias", diz Queiroga sobre vacinação de crianças

Fernando Franco/Record TV

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que não há relação entre a vacinação de crianças contra a Covid-19 e a volta às aulas nas escolas. "Vacinação não tem relação com aula. A Unicef já apontou isso, a ONU e a OMS", declarou o ministro.

O comentário foi feito a jornalistas nesta terça-feira (4), após o ministro ser questionado se haveria tempo hábil para imunizar crianças antes do fim das férias escolares. "É parar de criar espuma em questões que são secundárias em relação ao enfrentamento da pandemia", completou Queiroga. 

O ministro participa da audiência pública que vai discutir a vacinação de crianças de 5 a 11 anos com imunizante da Pfizer. O resultado do debate será divulgado na quarta-feira (5).

"Tudo isso é para propiciar um amplo debate e para ajudar os pais a tomarem as melhores decisões para os seus filhos, como eu tenho dito de maneira reiterada", disse Queiroga. Apesar da consulta, os governadores de diversos estados já afirmaram que, independentemente do resultado, vão vacinar crianças sem necessidade de prescrição médica, de acordo com as orientações da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Últimas