Brasília Vídeo: PM agride homem negro durante abordagem no DF 

Vídeo: PM agride homem negro durante abordagem no DF 

Caso ocorreu na manhã deste domingo (13); vítima afirma que a agressão foi motivada por racismo, por ser o único negro do grupo

  • Brasília | Karla Beatryz*, do R7, em Brasília

Agentes da Polícia Militar foram flagrados ao agredir um homem negro durante uma abordagem, na manhã deste domingo (13), em Planaltina, no Distrito Federal. A vítima é Marcos Vinicios da Silva, de 27 anos. Ele afirma que a agressão foi motivada por racismo, pois ele era o único negro do grupo.

O momento foi registrado por uma câmera de segurança, que mostra os policiais rendendo um grupo de homens contra um portão.

As imagens da câmera de segurança mostram um dos militares indo em direção à vítima, batendo em sua cabeça e o puxando para trás. Após revistar o homem, o policial o empurra novamente em direção aos amigos. O PM continua a abordagem no restante do grupo, sem apresentar a mesma agressividade.

Momentos após a revista, o policial se aproxima novamente de Marcos, com chutes e empurrões. A vítima relatou ao R7 que trabalhava em um bar nas proximidades do local e questionou o motivo do tratamento violento dos policiais.

“Eu estava indignado com a situação e acabei chutando a garrafa de cerveja que eu estava bebendo, pois os policiais acabaram derrubando ela durante a abordagem”.

No vídeo, é possível ver que, após o questionamento, os policiais o agridem novamente e o jogam na rua para buscar a garrafa. Marcos conta que sabe que agiu errado ao chutar a garrafa de bebida, mas a ação não justificaria a agressão dos policiais militares.

“Acho que isso não está certo. A polícia é para proteger, fazer o trabalho dela e prender bandido, não para bater nas pessoas, ainda mais da forma que me agrediram, com tanta discriminação”, desabafa.

Câmera de segurança grava policial militar agredindo homem durante abordagem

Câmera de segurança grava policial militar agredindo homem durante abordagem

WhatsApp/Reprodução

Após a abordagem, Marcos precisou ser levado ao Hospital Regional de Planaltina por um amigo para realizar alguns exames. Ele teve ferimentos nos pés e nas mãos, mas, até 13h, não tinha registrado ocorrência policial. 

Em nota, a Polícia Militar do DF afirma que busca a melhor forma de atender o chamado e que os policiais são treinados para atuarem em todas as circunstâncias da melhor maneira. Veja a nota completa da PMDF:

“A PMDF informa que, sempre que acionada diretamente pela população ou por meio do 190, busca de imediato a melhor forma de atender o chamado, estando disponível 24 horas por dia, todos os dias da semana, atendendo ocorrências com os mais diversos níveis de risco e complexidade.

Os policiais militares são treinados para atuarem em todas as circunstâncias e buscam seu melhor no desenrolar das ocorrências.

Quando um possível erro acontece, abre-se o devido procedimento para apurar os fatos, visto que a PMDF não compactua com irregularidades.

A Polícia Militar do Distrito Federal, reforça seu compromisso de bem assistir à sociedade, visto que temos como ideal, servir e Proteger a Sociedade Brasiliense”.

*Estagiária sob supervisão de Fausto Carneiro

Últimas