Notícias Caminhoneiros: PRF diz que não há nenhuma interdição em rodovias

Caminhoneiros: PRF diz que não há nenhuma interdição em rodovias

Não houve bloqueios ou manifestações nas estradas. Categoria reclama do alto preço do diesel e pede valor mínimo para frete

Caminhoneiros criticam o alto preço do diesel e reivindicam um valor mínimo para o frete

Caminhoneiros criticam o alto preço do diesel e reivindicam um valor mínimo para o frete

Carla Carniel/Reuters - 05.03.2021

A Polícia Rodoviária Federal não registrou, até o meio da  tarde desta segunda-feira (26), nenhum ponto de bloqueio, interdição ou manifestação em rodovia federal, informou em nota. "A PRF segue seus trabalhos normalmente para garantir a mobilidade, conforme rotina diária", disse a PRF na nota. A categoria reclama do alto preço do diesel e pede um valor mínimo para o frete.

Nesta segunda-feira (26) caminhoneiros realizam protestos nas margens de rodovias do país, com extensão de faixas nos acostamentos e veículos paralisados em postos de combustíveis. Não há relatos de interrupção do fluxo das estradas tanto federais quanto estaduais.

Fluxo livre

Mais cedo, o Ministério da Infraestrutura e a PRF (Polícia Rodoviária Federal) divulgaram comunicado no qual informavam que, às 7h30, todas as rodovias federais, concedidas ou sob administração do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), encontravam-se com o livre fluxo de veículos.

Durante a madrugada e início da manhã, a PRF reportou ocorrências envolvendo aglomerações às margens de rodovias e algumas tentativas de retenção em seis estados. Todas foram debeladas com a chegada de efetivos da Polícia Rodoviária Federal ou de autoridades locais. Segundo o governo, o volume de ocorrências é três vezes menor do que o registrado no mesmo período do dia 1º de fevereiro de 2021, data da última tentativa de mobilização.

Últimas