Cidades Afundamento do solo da mina de Maceió está desacelerando, diz novo boletim da Defesa Civil

Afundamento do solo da mina de Maceió está desacelerando, diz novo boletim da Defesa Civil

O prefeito de Maceió, João Henrique Caldas, explicou que o problema caminha para a estabilização

  • Cidades | Do R7

'Os sismos diminuíram consideravelmente', disse o prefeito de Maceió

'Os sismos diminuíram consideravelmente', disse o prefeito de Maceió

Itawi Albuquerque/ Secom Maceió

O prefeito de Maceió, João Henrique Caldas, anunciou em suas redes sociais que o afundamento do solo da área de mina de Maceió, no bairro do Mutange, está desacelerando. A velocidade de afundamento foi reduzida de 5 para 0,8 centímetros por hora, segundo o novo boletim da Defesa Civil, divulgado na tarde deste sábado (2).

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

“Isso significa dizer que nós temos uma tendência de diminuição de afundamento naquela região. Os nossos sismos diminuíram consideravelmente”, explicou o prefeito JHC.

Dos 12 DGPSs, aparelhos que medem o afundamento da mina, seis haviam chegado ao alerta máximo. Agora, com a desaceleração, apenas um deles encontra-se em sinal de alerta para um colapso da mina 18.

“Não podemos afirmar que vai estabilizar, mas esse é o caminho para estabilização. Estamos vencendo um dia de cada vez para podermos juntos sairmos dessa situação”, completou JHC.

Últimas