Cidades Apagão: bairros de Teresina estão há mais de 60 horas sem luz

Apagão: bairros de Teresina estão há mais de 60 horas sem luz

Após temporal no dia 31 de dezembro, que derrubou parte da rede elétrica, moradores sofrem com a falta de energia na capital

  • Cidades | Do R7

Parte da rede elétrica foi destruída

Parte da rede elétrica foi destruída

Reprodução/Twitter

Moradores de alguns bairros de Teresina, no Piauí, ainda sofrem com a falta de energia elétrica. Eles estão há mais de 60 horas sem luz após um forte temporal que atingiu o cidade no dia 31 de dezembro e derrubou postes e árvores.

Os bairros que ainda não tiveram a energia restabelecida são Santa Clara e Itaperu.

Por meio de nota, a Equatorial Piauí, empresa responsável pela distribuição elétrica em Teresina, informou que 98% da energia já foi restabelecidade na cidade neste domingo (3). Segundo a nota, a distribuidora montou uma força-tarefa para resolver o problema. "Há 82 equipes de atendimento emergencial em campo, sendo 15 de manutenção pesada, e quase 300 colaboradores estão empenhados na recuperação da rede elétrica na capital, trabalhando em tempo integral desde o início das ocorrências."

A empresa alega que devido a queda de árvores e postes "há a necessidade de reconstrução da infraestrutura de redes que foram destruídas pelo evento climático registrado" e que o "fornecimento de energia também foi prejudicado pela alta incidência de raios e objetos metálicos lançados sobre a rede, como placas e outdoors, como registrado no bairro Primavera, na zona norte da capital."

A empresa ainda esclarece que "na zona Norte, alguns bairros ainda se encontram parcialmente com o serviço interrompido. Nos bairros Santa Clara e Itaperu, existe uma área de transformação afetada (região atendida por um transformador da Distribuidora), impactando um total de 311 clientes da região onde o fornecimento ainda não foi restabelecido. Contudo, o atendimento já está sendo realizado por equipes da distribuidora".

Na nota, a Equatorial informa que o restabelecimento total de energia deverá ser realizado ainda neste domingo.

Protestos

Na noite deste sábado (2), alguns moradores do bairro Água Mineral interditaram a avenida Duque de Caxias em protesto contra a demora na volta da energia. Já na manhã deste domingo (3), a via foi liberada, mas outras ruas permaneciam interditadas. A Polícia Militar foi chamada e atendeu sete ocorrências no sábado, mas ninguém foi detido.

Ainda há a expectativa de um novo protesto na próxima sexta-feira (8), em frente à distribuidora de energia do Piauí, a Equatorial, contra os serviços prestados pela empresa.

Últimas