Cidades Após chuvas, governo da Bahia instala base de apoio em Ilhéus

Após chuvas, governo da Bahia instala base de apoio em Ilhéus

66 municípios estão em estado de emergência; 286 pessoas estão feridas e 17 morreram, segundo a Defesa Civil

  • Cidades | Do R7

As chuvas voltaram a causar estragos na Bahia, e o governo do estado determinou a instalação de uma base de apoio no município de Ilhéus. A ideia é otimizar a ajuda aos municípios atingidos pelas inundações que ocorrem no estado neste mês de dezembro.

Cidades sofrem com as chuvas na Bahia

Cidades sofrem com as chuvas na Bahia

Reprodução Record TV

Ao menos 19 cidades estão sendo atingidas, e 66 estão em situação de emergência devido às chuvas. O governador Rui Costa (PT) reuniu secretários, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros com o objetivo de agilizar as primeiras ações, principalmente a recuperação de serviços essenciais.

Estradas no sul e extremo sul do estado estão com trechos interditados devido a alagamentos principalmente após as chuvas iniciadas na noite da última quinta-feira (23) e o número de desabrigados e desalojados cresceu na Bahia.

Até a tarde desta sexta-feira (24), a Superintendência de Proteção e Defesa Civil do Estado (Sudec) e as prefeituras dos municípios atingidos computaram 4.185 desabrigados e 11.260 desalojados.  O número de feridos subiu para 286 e a população total atingida chega a 378.286. O total de mortos pelas enchentes é de 17 pessoas.

Os serviços emergenciais de recomposição de uma das cabeceiras da ponte de acesso a Prado, na BA-001, estão sendo realizados pela Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra). O tráfego de veículos foi liberado para motos e carros no final da manhã de sexta-feira (24). Devido ao período chuvoso na região, o trânsito de veículos precisou ser interrompido na noite de quinta-feira (23), após uma acomodação do material colocado durante as ações de restauração da cabeceira, que rompeu há duas semanas.

O governador também manteve contato com prefeitos e pediu apoio a governadores, que, a exemplo de Flávio Dino, do Maranhão, já ofereceram ajuda. Por telefone, Rui Costa falou com o ministro da Cidadania, João Roma, que disponibilizou a estrutura do governo federal. O ministro e o governador voltam a se reunir, virtualmente, ao meio-dia deste sábado (25). Secretários estaduais e ministros devem participar da reunião.

Últimas