Cidades Avião é vistoriado em Salvador após código de 'sequestro' ser acionado

Avião é vistoriado em Salvador após código de 'sequestro' ser acionado

Segundo a Azul, código foi acionado por 'falha técnica'. Nada de irregular foi constatado pelo protocolo de segurança

  • Cidades | Beatriz Leite, da Record TV

Avião da Azul, em foto de arquivo

Avião da Azul, em foto de arquivo

BOBBY FABISAK/JC IMAGEM/ESTADÃO CONTEÚDO - 14.1.2021

Um avião da Azul precisou ficar parado na pista do aeroporto de Salvador depois que, por engano, a tripulação acionou um código no transponder que indicava ter ocorrido sequestro da aeronave. Em nota, a empresa esclareceu que foi apenas uma "falha operacional". O voo fazia a rota Campinas-Salvador. 

O transponder é um aparelho instalado nos aviões que responde a sinais de rádio emitidos por outras fontes com a identificação da aeronave e um código sobre seu status de voo. O código 7500 indica "apropriação ilícita da aeronave" e é usado em situações de sequestro.

"A Azul esclarece que, por uma falha operacional, o código que indica apropriação ilícita da aeronave foi acionado durante um voo que seguia de Campinas para Salvador na noite de hoje (28)", diz a nota.

"Após o pouso, o avião foi submetido a um protocolo de segurança da companhia e do Centro de Gerenciamento de Navegação Aérea (CGNA), que não identificou riscos para a segurança do voo. A companhia lamenta eventuais aborrecimentos causados a bordo e destaca que ações como essa são necessárias para garantir a segurança de suas operações."

Últimas