Cidades Cachorra perde parte da boca após rojão ser amarrado em seu corpo

Cachorra perde parte da boca após rojão ser amarrado em seu corpo

Caso ocorreu em Piraquera, região metropolitana de Curitiba. Fios encontrados no animal reforçam a suspeita de maus-tratos

  • Cidades | Do R7

Cadelinha tem aproximadamente oito anos

Cadelinha tem aproximadamente oito anos

Divulgação Ong Força Animal

Uma cachorrinha teve a boca multilada por um rojão na madrugada desta sexta-feira (1º) em Piraquera, região metropolitana de Curitiba, no Paraná. Fios encontrados na boca do animal reforçam a suspeita de maus-tratos.

O animal, que tem cerca oito anos, foi resgatado pela ONG Força Animal. De acordo Danielly Savi, presidente da organização, um chamado para o resgate foi feito às 3h da manhã. Ela e um investigador da polícia se dirigiram até o local e encontraram a cachorrinha embaixo de um carro assustada e com muita dor.

A cachorrinha teve a língua dilacerada com a explosão e perdeu parte da mandíbula, assim como todos os dentes. Após cirurgia, ela foi internada em estado grave, mas tem boas chances de sobrevivência.

Inicilamente, a protetora pensava que o caso seria um acidente. No entanto, durante o resgate foram encontrados fios na boca do animal, o que aponta que o objeto pode ter sido amarrado de forma intencional.

"Nem 24 horas do dia 1º de 2021 e estamos cansadas de tanta maldade. Nem um dia completo estamos implorando ajuda", lamentou a protetora em seu perfil em uma rede social.

Conforme Danielly, foram gastos R$ 750 para os cuidados iniciais. Há ainda os custos para a cirurgia de amputação da mandíbula, estimados em R$ 2,5 mil e as diárias de internação, que variam entre R$ 120 a 150, além dos remédios. Quem tiver interesse em ajudar pode acessar o perfil da Força Animal no Instagram.

Últimas