Cidades Chuva deixa criança desaparecida e abre crateras em estradas no Pará

Chuva deixa criança desaparecida e abre crateras em estradas no Pará

Quase 15 horas de temporal destruíram parte da pista da BR-010, que liga Belém a Brasília. Rios chegaram a subir até oito metros

Cratera aberta em estrada no Pará

Cratera aberta em estrada no Pará

Reprodução/Record TV

Uma chuva que durou quase quinze horas causou estragos no Pará. A principal rodovia que liga a região norte ao resto do  país está interditada. A água abriu crateras e levou parte da pista. Um carro foi arrastado e uma criança está desaparecida.

A BR-010, que liga Belém a Brasília, é a principal rota de abastecimento da Amazônia. Ela corta a cidade de Ipixuna do Pará, uma das mais atingidas pela tempestade. São cerca de 65 mil pessoas ilhadas por causa dos estragos. A água levou parte do asfalto e abriu crateras.

Caminhoneiros ligaram os faróis  para alertar outros motoristas para o perigo. A chuva continuou durante toda madrugada e o estrago ficou ainda maior. 

Em uma estrada rural, um carro foi arrastado pela água. Os bombeiros buscam uma criança que está desaparecida.

Os rios da região chegaram a subir até oito metros. Além de destruir estradas, a água invadiu casas. A Defesa Civil foi acionada e procura alojamento para centenas de famílias que perderam tudo. O prefeito decretou estado de calamidade pública.

No início da tarde, voltou a chover na região e a correnteza do rio ficou ainda mais forte. 

A Policia Rodoviária Federal tenta restabelecer o tráfego na área por estradas alternativas. Propriedades privadas disponibilizaram parte de seus terrenos para que fosse utilizados como rotas alternativas e a PRF, junto com o Dnit, estão avaliando essas possibilidades.

Últimas