Correio do Povo Feira do Livro abre espaço para a dramaturgia

Feira do Livro abre espaço para a dramaturgia

Oficinas e leituras dramáticas serão destaque na programação do evento

Oficinas e leituras dramáticas serão destaque na programação do evento

Coletivo As DramaturgA lança obra durante a Feira do Livro Crédito: Coletivo As DramaturgA / Facebook / Reprodução / CP

Coletivo As DramaturgA lança obra durante a Feira do Livro Crédito: Coletivo As DramaturgA / Facebook / Reprodução / CP

Correio do Povo

A dramaturgia gaúcha será celebrada na 64ª Feira do Livro de Porto Alegre, que começa nesta quinta e segue até o dia 18 de novembro. Oficinas e leituras dramáticas serão destaque na programação do evento, especialmente no último final de semana. A homenagem aos 160 anos do Theatro São Pedro, em uma parceria entre a Feira do Livro e a EDIPUCRS, será realizada por meio de uma série de atividades entre os dias 15 e 18 de novembro, na Sala de Música do teatro. Nos dias 15 e 16, Antônio Hohlfeldt, presidente da Fundação Theatro São Pedro, Diones Camargo e Patrícia Fagundes ministram, respectivamente, a Oficina de Crítica, a Oficina de Teatro Político – a dramaturgia como reflexo do presente e a Oficina Composição dramatúrgica – práticas de escrita cênica. Dentre as sessões de autógrafos, o livro “Casa do Artista Riograndense – memória viva do radioteatro em Porto Alegre – Um abrigo de muitas histórias” será autografado neste sábado, dia 3. Com autoria da museóloga Carla Menegaz, a publicação inclui um CD com peças de radioteatro dos moradores e artistas veteranos do rádio gaúcho. Outro destaque é o lançamento de “Coleção de Dramaturgia Feminina”, do coletivo As DramaturgA, já no dia 17. Com coordenação geral de Antônio Hohlfeldt, a coleção é organizada por Fernanda Moreno, Natasha Centenaro e Patrícia Silveira, do Coletivo. Serão 16 livros, de cada uma das autoras do Coletivo, que trazem textos inéditos neste formato, mas alguns são de peças já encenadas e premiadas. Além de sessão de autógrafos, as obras terão leituras dramáticas nos dias 17 e 18. Confira a programação completa: Seminário de Dramaturgia Local: Sala de Música do Multipalco do Theatro São Pedro 15 de novembro Das 10h às 12h – Oficina de Crítica, com Antônio Hohlfeldt (módulo 1) A oficina procura apresentar um conjunto de conceitos em torno da atividade de crítica de artes, em especial a crítica de artes cênicas. Das 14h às 16h – Oficina Teatro Político – a dramaturgia como reflexo do presente, com Diones Camargo Abordando alguns clássicos da dramaturgia nacional e mundial, Diones Camargo pretende mapear alguns dos grandes momentos do teatro político das últimas décadas, de modo a conclamar autores, diretores, estudantes ou interessados em dramaturgia a lançarem nas páginas, no palco e nas telas suas vozes autorais que revelem ao mundo os medos e anseios da nossa época e que reflitam a nossa própria e conturbada realidade. 17h – Presença de Jô Bilac O dramaturgo faz comentários sobre suas obras (Insetos, Conselho de Classe, Os Mamutes e Alguém acaba de morrer lá fora) com leituras de textos por Valquíria Cardoso e Alex Limberger. 16 de novembro Das 10h às 12h – Oficina de Crítica, com Antônio Hohlfeldt (módulo 2) Das 13h às 16h – Oficina Composição dramatúrgica – práticas de escrita cênica, com Patrícia Fagundes Em uma dinâmica teórico-prática, a oficina aborda procedimentos de escrita cênica a partir da experiencia da ministrante como compositora dramatúrgica e encenadora em diversas montagens da Cia Rústica, assim como de sua experiencia como docente de Direção Teatral no DAD/ UFRGS. 16h – Guerra de Urina, de Altair Martins, EDIPUCRS Leitura cênica pelo Grupo de Teatro da PUCRS 18h – Mesa redonda sobre o livro, na Biblioteca do Clube do Comércio 19h30min – Sessão de autógrafos na Praça de Autógrafos da Feira 17 de novembro 14h – Leituras dramáticas dos textos das dramaturgas editadas pela EDIPUCRS: Viviane Juguero – “Lacatumba” Lourdes Kauffmann – “Quem é você?” Dedé Ribeiro – “Bolo no casamento” / “Aero plano” 16h20 até 18h: Fernanda Moreno – “Diálogos nas folhas em branco” / “Dog day” Patsy Cecato – “Mulheres Pessegueiro” Natasha Centenaro – “Duas vezes dramática” Patrícia Silveira – “Em um tempo aberto” 18 de novembro (domingo) 14h – Leituras dramáticas dos textos das dramaturgas editadas pela EDIPUCRS Elisa Lucas – “Histórias de uma mala só” Jessica Lusia – “Telefones úteis em caso de emergência” Stella Bento – “Duas histórias e um programa de TV” 16h20 até 18h Jessica Barbosa – “Mergulho cego em piscina vazia” Virginia Shabbach – “Virgínias” Carina Corá – “Lobo de óculos – Trilogia onírica” Patrícia Silveira – “Camille no exílio” Sessões de autógrafos 3 de novembro 17h30min – Praça de Autógrafos Livro “Casa do Artista Riograndense – memória viva do radioteatro em Porto Alegre – Um abrigo de muitas histórias” (Casa do Artista Riograndense), autógrafos de Carla Beatriz Menegaz e Wilson Roberto Gomes. 17 de novembro 18h30min – Praça de Autógrafos Livro “Minidicionário de teatro e circo” (AGE Editora), autógrafos de Vanja Ca Michel 19h – Primeiro andar do Memorial do RS “Coleção de Dramaturgia Feminina” (EDIPUCRS): “Lobo de óculos – Trilogia onírica”, de Carina Corá; “Bolo no casamento” e “Aero plano”, de Dedé Ribeiro; “Histórias de uma mala só”, de Elisa Lucas; “Dog day” e “Diálogos nas folhas em branco”, de Fernanda Moreno; “Mergulho cego em piscina vazia”, de Jéssica Barbosa; “Telefones úteis em caso de emergência”, de Jéssica Lusia; “Quem é você?”, de Lourdes Kauffmann; “Duas vezes dramática”, de Natasha Centenaro; “Em um tempo aberto” e “Camille no exílio”, de Patrícia Silveira; “Mulheres pessegueiro”, de Patsy Cecato; “Duas histórias e um programa de TV”, de Stella Bento; “Virginias”, de Virgínia Schabbach; “Lacatumba”, de Viviane Juguero.

    Access log