Correio do Povo Frota avalia apresentar destaque à relatório da Previdência

Frota avalia apresentar destaque à relatório da Previdência

Coordenador da sigla na Comissão não descarta atender demanda de policiais

Coordenador da sigla na Comissão não descarta atender demanda de policiais

O coordenador da bancada do PSL na Comissão Especial da Reforma da Previdência, deputado Alexandre Frota (SP), contou que estuda apresentar um destaque ao relatório da proposta para abrandar as regras de aposentadoria para as carreiras de policiais federais e policiais rodoviários federais, atendendo à forte pressão das categorias.

• PSL deve decidir hoje sobre destaques no relatório da Previdência

A iniciativa de Frota vai na contramão do acordo que está sendo costurado entre os partidos para que nenhum deles apresente destaques com o objetivo de não atrasar a votação do parecer no colegiado. Frota também está fazendo um movimento contrário ao posicionamento de seu próprio partido, que terça-feira emitiu nota declarando que não apresentaria esses pedidos de mudança.

Para driblar essa orientação do PSL, Frota irá apresentar um destaque em seu nome, individual, e não de bancada, que seria um pedido endossado pela legenda. A diferença é que os nominais podem ser rejeitados em bloco, sem que sejam analisados um por um. A tendência, inclusive, é de que todos esses pedidos individuais sejam derrubados de uma vez, em um só bloco.

Caso Frota concretize a intenção, ele deverá deixar para a última hora a formalização do destaque. Ele quer recuperar uma emenda que requer a redução da idade mínima das policiais mulheres de 55 anos para 52 anos e mudanças nas regras de pensão por morte, entre outros pontos.