Cidades Explosivos e "chuva de dinheiro": veja detalhes do assalto em SC

Explosivos e "chuva de dinheiro": veja detalhes do assalto em SC

Assalto em Criciúma deixou reféns em via pública, quatro bombas desarmadas e dinheiro roubado de agência espalhado pelo chão

  • Cidades | Fabíola Perez, do R7

Polícia investiga quadrilha responsável por noite de terror em Criciúma

Polícia investiga quadrilha responsável por noite de terror em Criciúma

Caio Marcello / Estadão Conteúdo / 01.12.2020

Explosivos, dinheiro espalhado pelo chão e veículo queimado. O assalto a uma agência bancária na cidade de Criciúma, em Santa Catarina, na manhã desta terça-feira (1º), fechou ruas, deixou reféns sentados em via pública e um caminhão em chamas, provocando terror nos moradores do município catarinense.

De acordo com a polícia, os homens que participaram da ação portabam armas de grosso calibre (5.56, 7.62 e .50) e utilizaram cerca de 10 veículos para lançar um caminhão em chamas em frente ao 9º Batalhão da Polícia Militar. O fogo atingiu diversos cômodos do local, mas nenhum policial militar ficou ferido. A ação teve início às 23h40. 

Leia mais: Criciúma (SC): polícia encontra 10 carros abandonados por quadrilha

Dez minutos depois, durante os disparos no Batalhão, duas guarnições da polícia cruzaram com um dos veículos utilizados pelos homens na próximo ao Shopping Criciúma. Nesse momento, houve troca de tiros e o soldade Jefferson Luiz Esmeraldino foi atingido. O PM foi internado e passou por uma cirurgia. Até a manhã desta terça-feira, ele permanece em estado grave. 

Por volta das 00h, os homens armados foram em direção a área central de Criciúma, fecharam algumas ruas, abordaram  veículos e iniciaram uma série de disparos de arma de fogo. Às 00h10, utilizaram explosivos para executar o roubo em uma agência do banco do Brasil. Nesse momento, pessoas foram feitas reféns, obrigadas a ficar sentadas em meio a uma via pública.

Veja: Moradores de Criciúma (SC) vivem noite de terror com troca de tiros

Às 00h30, a polícia confirmou que havia um caminhão sendo incendiado no morro do formigão, em Tubarão. Uma hora depois, as equipes também confirmam o uso de um caminhão de lixo por parte dos homens armados.

Por volta das 2h da madrugada, os veículos dos homens armados se deslocaram para a cidade de Nova Veneza e às 3h os reforços policiais começaram a chegar na região.

No fim da madrugada, às 5h40, quatro pessoas que recolheram parte das cédulas de papel espalhadas pelo chão da cidade, após a invasão e o roubo a agência, foram conduzidas à delegacia. Com eles, foram localizados R$ 810 mil. 

No início da manhã, às 6h30, 10 veículos abanadonados pelo grupo foram localizados em um milharal no município de Nova Veneza. Por volta das 8h, quatro artefatos explosivos foram desativados pelo esquadrão de bombas, três deles nas proximidades da Praça do Congresso e um na agência bancária assaltada. 

Neste momento, as investigações e buscas da polícia continuam.

Últimas