Cidades Florianópolis faz dia D da vacinação contra a Covid. Veja outras capitais

Florianópolis faz dia D da vacinação contra a Covid. Veja outras capitais

Vacinação na capital de Santa Catarina terá drive-thru, ponto itinerante e outros quatro locais fixos para imunização 

  • Cidades | Do R7

Vacinação contra a Covid-19 avança nas capitais

Vacinação contra a Covid-19 avança nas capitais

Agência Brasil

A vacinação contra a Covid-19 prossegue pelo país, e as capitais imunizam novas faixas etárias e grupos nesta quinta-feira (23).

Florianópolis, por exemplo, fará o Dia D de vacinação antes das comemorações do Natal, aplicando todos os tipos de dose na população. 

Confira como será a vacinação contra a Covid-19 em capitais brasileiras nesta quinta-feira (23): 

São Paulo

A cidade de São Paulo segue a imunização de reforço dos que completaram o esquema vacinal, com a primeira e a segunda dose, há pelo menos quatro meses. Continua também na capital a  aplicação de uma dose adicional em todos as pessoas que tomaram o imunizante da Janssen há dois meses.

Rio de Janeiro

A Prefeitura do Rio de Janeiro continua aplicando a dose de reforço nas pessoas a partir de 56 anos, nos profissionais da saúde que concluíram a imunização há cinco meses e nos imunossuprimidos com 12 anos ou mais cuja vacinação tenha sido concluída há pelo menos 28 dias.

A primeira e a segunda dose também estão disponíveis para adolescentes a partir dos 12 anos.

Belo Horizonte

A Prefeitura de Belo Horizonte aplica dose de reforço em pessoas de 52 e 38 anos que receberam CoronaVac e cuja data da segunda dose tenha completado quatro meses. A dose de reforço será aplicada independentemente da faixa etária, desde que após cinco meses da segunda dose.

Saiba mais no site da prefeitura.

Salvador

A Prefeitura de Salvador aplica a primeira dose a partir dos 12 anos e também tem a segunda dose da CoronaVac, Pfizer e Oxford/AstraZeneca. A terceira dose está disponível para todos que tenham completado o esquema vacinal até 24 de agosto. Para os imunossuprimidos, o prazo do reforço é desde 22 de novembro de 2021.

João Pessoa

A Prefeitura de João Pessoa vacina com a primeira dose os adolescentes a partir de 12 anos e oferece a segunda àqueles que tomaram a CoronaVac há mais de 28 dias, a AstraZeneca há três meses ou mais e a Pfizer há 60 dias.

A dose de reforço será disponibilizada para o público acima dos 18 anos e trabalhadores da saúde, desde que tenham cumprido quatro meses da segunda dose, e para os imunossuprimidos que concluíram o esquema vacinal há pelo menos 28 dias.

Florianópolis

A Prefeitura de Florianópolis fará o Dia D de vacinação antes do Natal. As doses de reforço são aplicadas em pessoas de 18 anos ou mais quatro meses após a segunda dose. As demais vacinas continuam sendo aplicadas como já divulgado anteriormente. A novidade é que nesta quinta-feira haverá um ponto de vacinação drive-thru. Veja os locais de vacinação no site da prefeitura.

Nos dias 24 e 25 de dezembro não haverá vacinação. As aplicações voltam na próxima segunda-feira, 27 de dezembro.

Teresina

A Prefeitura de Teresina aplica a primeira dose em todos os adolescentes a partir dos 12 anos. A segunda dose da CoronaVac e da Oxford também está disponível, com intervalo mínimo de quatro meses entre as doses. A segunda dose da Pfizer segue intervalo mínimo de três semanas. 

A dose de reforço pode ser aplicada em quem já completou o esquema vacinal há quatro meses. Em imunossuprimidos, o prazo é de 28 dias. 

Manaus

A Prefeitura de Manaus aplica a primeira dose em todos a partir dos 12 anos e a segunda dose da CoronaVac (28 dias de intervalo), Pfizer (21 dias) e AstraZeneca/Oxford (56 dias). A dose de reforço pode ser aplicada em quem já completou o esquema vacinal há quatro meses. Em imunossuprimidos, o prazo é de 28 dias.

São Luís

A Prefeitura de São Luís aplica a primeira dose em todos a partir dos 12 anos e a segunda dose da CoronaVac (28 dias de intervalo), Pfizer (21 dias) e AstraZeneca/Oxford (56 dias). A dose de reforço pode ser aplicada em quem já completou o esquema vacinal há quatro meses. Em imunossuprimidos, o prazo é de 28 dias.

Também haverá aplicação da segunda dose em pessoas com 18 anos ou mais que receberam a vacina da Janssen há pelo menos dois meses. 

Últimas