Folha Vitória Aquaviário terá cinco barcos e deve começar em outubro no ES; confira os horários de funcionamento

Aquaviário terá cinco barcos e deve começar em outubro no ES; confira os horários de funcionamento

De acordo com a Secretaria Estadual de Mobilidade e Infraestrutura, quando a operação estiver completa, as saídas dos barcos vão ser feitas a cada 25 minutos

Folha Vitória
Foto: Divulgação / Governo do Estado
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O novo sistema aquaviário da Grande Vitória vai contar com um total de cinco barcos e quatros estações, localizadas em Cariacica, Vila Velha e Vitória; onde haverá dois terminais. O governo do Estado prevê que o sistema comece operar, em sua totalidade, até o final deste ano.

De acordo com a Secretaria Estadual de Mobilidade e Infraestrutura (Semobi), quando a operação estiver completa, as saídas dos barcos vão ser feitas a cada 25 minutos. De segunda a sexta-feira, a operação será das 06h30 até as 20h30. Já aos sábados será das 8h às 18h e, aos domingos, das 9h às 15h.

"Esses são os horários que a gente entende que são os mais carregados, que terão uma maior demanda de passageiros integrando o sistema Transcol", destacou o secretário estadual de Mobilidade e Infraestrutura, Fábio Damasceno.

As linhas sairão das estações de Porto de Santana até a Prainha, e da Prainha até Porto de Santana, passando pelas duas estações de Vitória. 

Confira a previsões de tempo de cada viagem:

Prainha x Praça do Papa - 5 minutos
Praça do Papa x Rodoviária - 25 minutos
Rodoviária x Porto de Santana - 10 minutos

Total: 40 minutos, mais 20 minutos para embarque e desembarque (5 minutos em cada estação), totalizando uma hora de operação para cada barco. 

Aquaviário pode começar a operar em outubro no ES, diz secretário

Entretanto, Fábio Damasceno admitiu a possibilidade de o sistema começar a operar antes da conclusão de todas as estações e de todas as embarcações.

Isso porque os terminais localizados em Vitória estão com as obras mais atrasadas em relação a Cariacica e Vila Velha. Na Capital, um impasse entre o governo do Estado e a prefeitura atrasou o início dos trabalhos.

Foto: Divulgação / Governo do ES
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
Obras do terminal aquaviário de Porto de Santana, em Cariacica, estão mais adiantadas

Em Cariacica, a estação localizada em Porto de Santana é a que está com as obras mais adiantadas e deve ser a primeira a ficar pronta. O secretário e o governador do Estado, Renato Casagrande, estiveram no local, neste terça-feira (10), para acompanhar o andamento dos trabalhos.

"Essa é a primeira estação, a mais completa. Ela já está com cobertura e toda a infraestrutura pronta. A gente deve começar, em breve, a parte mar, que são os píeres flutuantes, que vão conectar essa estação", detalhou o secretário.

Em Vila Velha, o terminal que será construído na Prainha também está com a obra adiantada. Já em Vitória, onde serão construídas duas estações, o píer localizado na Praça do Papa, na Enseada do Suá, teve as obras iniciadas recentemente

Foto: Governo do Estado/divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
Estação localizada na Praça do Papa, na Enseada do Suá, teve as obras iniciadas recentemente

Já o terminal que será construído na rodoviária da Capital deverá ter as obras iniciadas nos próximos dias. De acordo com a Semobi, o projeto para a construção desse píer está em fase final, para depois ser entregue e aprovado pela Prefeitura de Vitória, uma vez que houve uma mudança de local em relação ao projeto original.

Segundo Fábio Damasceno, o sistema já terá condições de iniciar suas operações quando houver duas estações concluídas e pelo menos uma embarcação em operação. De acordo com o secretário, isso pode acontecer já em outubro.

"São cinco barcos inicialmente. Na verdade, vai começar até um pouco menor, vai ficar pronta uma estação, duas ou três. Mas estamos fazendo para cinco barcos, para entender como vai ser essa volta do aquaviário e até a própria qualidade dos serviços", disse Damasceno.

"Tendo barco e duas estações, no mínimo, a gente já começa a operar o aquaviário. Está pronto para operar com quatro estações e cinco barcos, mas a gente consegue adaptar o sistema conforme as estações forem ficando prontas", completou.

Sistema aquaviário será integrado com o Transcol

A tarifa para utilizar o sistema aquaviário será a mesma do Sistema Transcol e o pagamento será via CartãoGV. Portanto, caso o sistema comece, de fato, a operar em 2022, o usuário terá que desembolsar o valor de R$ 4,20 para realizar uma viagem.

Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
Sistema aquaviário será integrado ao Transcol, cuja tarifa atualmente é de R$ 4,20

A operação do aquaviário também seguirá o mesmo modelo de regras do Transcol para conexão temporal com os coletivos que passam nos pontos de ônibus próximos às estações. Dessa forma, o usuário terá um tempo para trocar de modal sem pagar uma nova tarifa.

Os benefícios de gratuidade e passe escolar vigentes no sistema Transcol também valem para o sistema aquaviário. 

"Todo esse transporte aquaviário é totalmente integrado ao Transcol. É a mesma passagem, a mesma regra. É como se fosse um ônibus navegando pelo canal de Vitória, Cariacica e Vila Velha", comparou Casagrande.

Como serão as embarcações do sistema aquaviário

Cada uma das cinco embarcações que integrarão o sistema aquaviário terão capacidade mínima para 80 passageiros sentados. Além disso, elas serão climatizadas, terão sinal de wi-fi e deverão disponibilizar capacidade de transporte de, no mínimo, seis bicicletas.

Foto: Divulgação / Governo do ES
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

As embarcações também devem disponibilizar espaço seguro para cadeirantes e acessos que viabilizem a circulação e o embarque/desembarque de forma segura de pessoas com deficiência, conforme legislação vigente. Além disso, elas deverão ter banheiros para atendimento aos usuários e tripulação.

O edital para contratar a empresa que fará a operação do novo sistema aquaviário foi lançado nesta terça-feira (10). A licitação será realizada via pregão eletrônico. As empresas interessadas têm até o próximo dia 20 para enviarem suas propostas e o pregão eletrônico será realizado no dia 24 deste mês.

O valor máximo a ser pago na contratação será de R$ 715.520,00 por mês por barco em operação. Após a finalização do processo licitatório, a previsão é de que o contrato seja assinado até o início de julho. 

A empresa vencedora terá até 90 dias, após a assinatura do contrato, para entregar as embarcações devidamente licenciadas e em condições de operação.

A contratação inclui a prestação de serviços especializados de transporte aquaviário de passageiros na baía de Vitória incluindo embarcação, tripulação, manutenção preventiva/corretiva, abastecimento, sistema de videomonitoramento em tempo real, rastreamento em tempo real por GPS, sistema de informação às autoridades portuárias, de segurança e usuários em tempo real, além de seguros, registros e licenças obrigatórias das embarcações e tripulação, conforme normas da Autoridade Marítima Brasileira e Sindicato da Categoria.

LEIA TAMBÉM:
>> Governo do ES e Prefeitura de Vitória assinam acordo e obras do aquaviário serão retomadas
>> Aquaviário começa a operar no segundo semestre de 2022, diz Casagrande

Últimas