Folha Vitória "Aulas remotas deixaram de ser atrativas para os alunos", diz Sindicato das Escolas Particulares

"Aulas remotas deixaram de ser atrativas para os alunos", diz Sindicato das Escolas Particulares

Vice-presidente do Sindicato das Empresas Particulares de Ensino do Espírito Santo (Sinepe-ES), Eduardo Gomes, afirma que estudantes experimentam misto de cansaço e frustração longe das escolas

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Depois de duas semanas com as aulas presenciais liberadas em Vitória, os alunos do 6º ano até o ensino superior tiveram que retornar para as aulas remotas com o retorno da capital para o risco alto de transmissão para a Covid-19.

Em entrevista à Pan News Vitória, na manhã desta terça-feira (01), o vice-presidente do Sindicato das Empresas Particulares de Ensino do Espírito Santo (Sinepe-ES), Eduardo Gomes, destacou que os alunos receberam com muita frustração a divulgação do último mapa de risco do governo do Estado.

"Os alunos estão muito abatidos com as aulas remotas e tristes com a suspensão das aulas presenciais. Eles estavam reconfortados em rever os amigos, em voltar para o ambiente escolar", afirmou.

De acordo com Gomes, depois de tanto tempo, as aulas remotas deixaram de ser atrativas para os estudantes.

"A tela cansa os alunos. Há uma falta de interesse por parte deles. Os professores estão sendo heróis ao inovar nas aulas remotas mas, depois de tanto tempo, o aluno vai perdendo a concentração", disse.

O vice-presidente do Sinepe diz que aguarda uma definição do Governo do Estado para o retorno das aulas presenciais.

Confira a entrevista completa: 

Últimas