Folha Vitória Benefícios do controle de ponto por reconhecimento facial

Benefícios do controle de ponto por reconhecimento facial

Novas tecnologias facilitam o gerenciamento dos funcionários

Foto: Divulgação/DINO
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

No processo de controle de ponto, utilizar um cartão ou lembrar uma senha contam com uma falha em comum: o erro humano. O cartão de acesso pode ser perdido ou roubado, e a senha pode ser esquecida ou compartilhada, colocando a empresa em risco.

Porém, ao realizar o controle de ponto por reconhecimento facial, essas falhas são eliminadas, uma vez que o sistema reconhece a identidade biométrica com base na face do indivíduo.

"No momento de implementar a biometria facial, a empresa registra todos os funcionários no banco de dados do sistema e a partir daí, quando um colaborador marca o ponto ou tenta acessar uma área específica, o seu rosto é escaneado e o software biométrico identifica e autentica com base no reconhecimento facial e nas informações do funcionário, deixando todo o processo seguro e preciso", explicou Carlos Rojas, diretor da ADD Time, franquia especializada em gestão de ponto, acesso e presença para empresas de pequeno e médio porte.

O controle de ponto por reconhecimento facial traz diversos benefícios, entre eles:

1. Evita fraudes

Uma prática muito conhecida no ambiente empresarial – e que pode ser categorizado como fraude – é a prática de "bater o ponto" para um amigo que está atrasado ou que ainda não voltou do almoço, por exemplo. Marcar o ponto para outra pessoa faz com que a produtividade caia, além de gerar prejuízos para a empresa, que está pagando pelo trabalho de um funcionário que não está no seu posto.

Com o sistema de biometria facial não é possível fraudar a autenticação, apenas o colaborador consegue validar os seus horários.

"A segurança é um dos fatores primordiais em um processo de controle de ponto, por isso é necessário utilizar equipamentos que possuam comunicação protegida por criptografia – impedindo tentativa de fraude via software –, e que realizem o bloqueio automático do equipamento no caso de uma violação. Recursos como esse mantêm todo o processo seguro", falou Carlos Rojas.

2. Sistema automatizado

A automação simplifica o controle de horas, excluindo a necessidade de um monitoramento constante do sistema. Errar é humano e com sistemas automatizados o erro humano é eliminado. Um sistema de ponto usando tecnologia de reconhecimento facial pode relatar com precisão presença, ausência e horas extras com um processo de identificação rápido e preciso.

3. Economia de tempo e contágio reduzido

Quando doenças contagiosas, como resfriados e vírus, se espalham pela força de trabalho, podem aumentar a incidência de ausências de funcionários e reduzir significativamente a produtividade. Com o reconhecimento facial, os funcionários podem entrar e sair das instalações em menos tempo, uma vez que não há necessidade de tocar na superfície do sistema para entrar ou sair. Isso economiza tempo, além de minimizar a propagação de doenças devido ao contato físico.

Últimas