Folha Vitória Cefaleia refratária: o que é a doença que levou Virgínia Fonseca para o hospital?

Cefaleia refratária: o que é a doença que levou Virgínia Fonseca para o hospital?

A influenciadora foi diagnosticada com fortes dores de cabeça no último dia 15. Problema é raro e pode levar dias para melhorar

Foto: Reprodução Instagram/@virginia
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Uma crise de enxaqueca levou a influenciadora Virgínia Fonseca, de 23 anos para o hospital no início da semana. Grávida do segundo filho, deu entrada no último dia 15 e somente recebeu alta nesta quarta-feira (18), devido às fortes dores que não aliviavam com remédios comuns, usados para o problema.

Virgínia foi diagnosticada com uma forma rara da doença pelo fato de não responder as medicações e a dor durar mais de três dias consecutivos. Trata-se da chamada cefaleia refratária. A doença, segundo especialistas, ocorre em 1% da população e provoca fortes dores que latejam em um ou nos dois lados da cabeça ao mesmo tempo.

Foto: Reprodução/Instagram @virginia
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
Virgínia recebeu a visita da filha e do marido, o cantor Zé Felipe, durante a internação 

A internação, em casos como o de Virgínia, é necessária para aumentar a hidratação do paciente e administrar medicações que aliviem a dor. 

O fato da influenciadora estar grávida dificultou o tratamento uma vez que a condição atual dela restringe a possibilidade de remédios.

  Apesar de rara, qualquer pessoas pode desenvolver o problema, porém, aquelas que já sofrem com dores de cabeça frequentemente costumam ter mais chances de serem acometidas pela cefaleia refrataria, apontam especialistas.

Fatores de risco e como prevenir a cefaleia refrataria

Alguns fatores podem contribuir para o surgimento da cefaleia refrataria à analgesia convencional. Entre eles, fatores emocionais como o estresse e a insônia além de pacientes com quadros crônicos de dores de cabeça.

Algumas dicas podem ser valiosas e ajudar a prevenir casos severos de enxaqueca. Veja só:

- Beba bastante líquido para manter o corpo bem hidratado;

- Evite o uso excessivo de perfumes;

- Pratique exercícios físicos com regularidade;

- Busque uma alimentação moderada e equilibrada;

- Procure dormir bem! Noites de sono agitado podem desencadear crises de dor de cabeça.

Últimas