Folha Vitória Como se tornar um Investigador Águia de PUBG MOBILE

Como se tornar um Investigador Águia de PUBG MOBILE

Confira o guia de como se tornar um Investigador águia e ajudar a exterminar os infratores e obter recompensas

Folha Vitória

Todos os jogadores de PUBG MOBILE desejam um ambiente de jogo justo e igual, e isto é algo que conecta todos que amam o battle royale. No entanto, os trapaceiros quebram as regras, não apenas destruindo o ambiente de jogo que todos gostam, mas também arruinando a experiência de outros jogadores. Para ajudar a exterminar esses infratores, confira abaixo o guia de como se tornar um Investigador Águia.

Foto: Krafton
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Todo jogador tem a chance de se tornar um Investigador e trabalhar junto com a equipe de segurança oficial para dar adeus aos trapaceiros em PUBG MOBILE. Pegue seu Ban Pan e tire os trapaceiros daqui!

Recompensas de análise de vídeo

Conforme o jogador analisa mais casos e aumenta a precisão da revisão, seu nível de investigador aumentará, e com isso irá obter títulos de investigador melhores. Ao mesmo tempo, também receberá recompensas por completar os desafios de revisão. As recompensas incluem:

1. BP (obtido aumentando seu nível de investigador)

2. AG (obtido ao ganhar títulos de investigador)

3. Cupons clássicos (obtidos ao completar desafios de revisão semanais)

Como começar

Primeiro, o jogador deve se tornar um investigador qualificado. Os investigadores são os defensores do campo de batalha de PUBG MOBILE. Por isso, a seleção é extremamente rigorosa. Para serem selecionados, os candidatos devem ter um histórico de jogo limpo, uma atitude justa e a determinação de manter a justiça. Os jogadores podem se inscrever para se tornar um investigador na Zona de Segurança, no menu principal. Especificamente:

1. Toque no botão no canto inferior direito do menu principal, localize e toque em "Central de Segurança" para entrar na Zona de Segurança.

Foto: Krafton
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

2. Na zona de segurança, toque em "Investigadores" para entrar na interface de revisão.

Foto: Krafton
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

3. Toque em "Exercícios de Revisão em Vídeo" para verificar se você está qualificado.

Foto: Krafton
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O recrutamento de investigadores será aberto gradualmente para jogadores qualificados. Jogadores com múltiplas temporadas de excelente colocação de tier, bom comportamento e um histórico de relatórios precisos terão prioridade.

Foto: Krafton
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

PUBG MOBILE lançou recentemente o sistema anti-trapaça Guerra Nebulosa, o mais recente em medidas de segurança desenvolvidas pelo PUBG MOBILE para combater efetivamente os trapaceiros usando visão de raio-x. Sendo o primeiro jogo para celular a implementar essa tecnologia de ponta anti-fraude, o Guerra Nebulosa, já vem trabalhando para reduzir a trapaça nas partidas do battle royale, com uma redução de mais de 50% durante sua fase de testes. À medida que o sistema for sendo implementado gradualmente, o PUBG MOBILE continuará a otimizá-lo para acabar com os trapaceiros indesejados.

Trapacear é completamente inaceitável em PUBG MOBILE, e este é mais um passo para impedir que os jogadores usem tecnologia enganosa e injusta. Nada é mais importante para o PUBG MOBILE do que garantir que os jogadores tenham uma experiência segura, divertida e justa.

PUBG MOBILE está disponível para download pelo App Store e Google Play Store.

Sobre o PUBG MOBILE

PUBG MOBILE se baseia no PUBG: BATTLEGROUNDS, o fenômeno que tomou o mundo do entretenimento interativo em 2017. Até 100 jogadores descem de paraquedas em uma ilha remota para a batalha em um confronto onde o vencedor leva tudo. Os jogadores devem encontrar e conquistar suas próprias armas, veículos e suprimentos, e derrotar todos os jogadores em um campo de batalha visualmente e taticamente rico que os força a uma zona de jogo cada vez menor.

Para mais informações, visite os canais oficiais de PUBG MOBILE no Facebook, Instagram, Twitter, Tiktok e YouTube.

Últimas