Folha Vitória Como vender imóveis de luxo, ensina corretora Sophia Martins

Como vender imóveis de luxo, ensina corretora Sophia Martins

CEO de empresa especializada, corretora virou referência no mercado de alto padrão e, hoje, tem centenas de milhares de seguidores só no Instagram

Folha Vitória
Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

O tíquete médio dos imóveis no Brasil só cresce. A construção civil desponta. E, cada vez mais, o consumidor está mais exigente. Até por isso, a demanda pelo mercado de alto padrão cresce, anualmente, cerca de 50%, segundo estimativa da própria Sophia Martins.

Trata-se de um dos talentos da corretagem de luxo do País atualmente, que tem até curso para ensinar outros corretores a se profissionalizarem para continuarem ativos no mercado de alto padrão.

LEIA TAMBÉM: Mas, gente! Léo Santana é mordido por fã em parte inusitada: "Dor"

“Sempre falo que a educação é um pilar superimportante nesse mercado. Os profissionais precisam se reinventar e ir levando o negócio de acordo com o movimento que o próprio mercado faz, de acordo com a demanda. A todo momento isso muda, isso se transforma, e quem trabalha com isso precisa ser atendo às novidades”, avalia.

Segundo Sophia, a demanda só vem aumentando, o que mostra que há espaço no mercado para pessoas especializadas nesse tipo de negócio. “Às vezes pensamos que não, mas há, sim, gente que se interessa cada vez mais por um imóvel de alto padrão. Isso primeiro porque as pessoas valorizam esse ativo e segundo porque, de fato, a qualidade é um fator muito importante na hora da aquisição de um bem”, pondera.

LEIA TAMBÉM: Cher surge em foto raríssima em aniversário de 96 anos da mãe

A especialista também acredita que é a profissionalização que leva, cada vez mais, os profissionais a terem sucesso nas vendas - o que, para ela, é o grande segredo para vender um apartamento de luxo.

“A qualificação dos corretores é um pilar importantíssimo para fazermos esse trabalho no Brasil. E estamos observando um aumento no mercado por demanda nesse sentido. Estimamos um aumento de 50% nesses investimentos, só para se ter ideia. Ou seja, precisamos de profissionalização e atualização frequente para nos mantermos em alta”, diz.

Pensando nisso, Sophia até criou um curso para ajudar outros colegas de forma gratuita com nove encontros presenciais. Os candidatos se inscrevem e passam por uma análise e, então, se aprovados, têm acesso à programação completa sem pagar nada por isso.

Últimas