Folha Vitória Defesa nega confissão de filhos de Flordelis em assassinato do pai

Defesa nega confissão de filhos de Flordelis em assassinato do pai

Posicionamento dos advogados contraria informação divulgada de que um dos filhos teria assumido a autoria da morte de Anderson do Carmo

Posicionamento dos advogados contraria informação divulgada de que um dos filhos teria assumido a autoria da morte de Anderson do Carmo

Foto: Reprodução/Facebook
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A defesa dos filhos da deputada federal Flordelis (PSD-RJ) afirmou, nesta segunda-feira (24), em entrevista à Record TV, que não houve confissão do assassinato de Anderson do Carmo.

O posicionamento do advogado Anderson Rollemberg contraria a informação divulgada, na última quarta-feira (19), de que um dos filhos adotivos teria admitido ter matado o pai a mando do irmão mais velho, que, por sua vez, negou as acusações. Após a acareação, porém, o filho biológico confessou ser o mandante do crime.

Ele está preso desde segunda-feira (17) na DHNSG (Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo). A defesa informou que vai pedir a transferência do suspeito para o presídio de Benfica.

Segundo a delegada Bárbara Lomba, que investiga o caso, a arma usada no crime foi encontrada no quarto do filho mais velho da deputada. Sobre isso, a defesa afirmou que arma pode ter sido plantada e que aguarda a apuração da Polícia Civil. Durante as buscas na residência, a polícia também localizou uma fogueira no jardim, supostamente usada para queimar papéis. No mesmo dia, foi realizada uma perícia no carro de Anderson. No entanto, o celular dele ainda não apareceu.

A polícia investiga o caso, mas, até o momento, as circunstâncias apontam para uma execução. Em entrevista coletiva, a delegada afirmou que ainda falta esclarecer a motivação do crime.

Uma semana após a morte do pastor Anderson do Carmo, completada no domingo (23), a deputada Flordelis se manifestou nas redes sociais sobre as acusações que não só ela como a família tem enfrentado: "A dor é enorme pela perda e pelas calúnias", escreveu em uma página.

Com informações do Poral R7!