Folha Vitória Denúncias de 'fura-fila' da vacina são investigadas em oito estados

Denúncias de 'fura-fila' da vacina são investigadas em oito estados

Dentre os alvos do Ministério Público Federal, estão servidores públicos e familiares de funcionários da saúde

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O Ministério Público Federal (MPF) está investigando denúncias de pessoas que teriam sido vacinadas contra a covis-19, mesmo sem fazer parte do grupo prioritário, em sete estados e no Distrito Federal. 

Segundo as investigações, entre os "fura-fila" estão autoridades, servidores públicos e familiares de funcionários da saúde da Bahia, Amazonas, Pernambuco, Paraíba, Pará, Rio Grande do Norte e Rondônia.

Por causa do volume insuficiente de doses no país, servidores públicos poderão responder por improbidade administrativa caso seja comprovado a irregularidade.

Entre os investigados, está o prefeito de Itabi, cidade de Sergipe. Júnior de Amynthas foi gravado sendo imunizado antes dos grupos prioritários. O mesmo correu em Candiba, na Bahia, onde o prefeito Reginaldo Martins recebeu a vacina. A cidade recebeu apenas 100 doses do imunizante para vacinar 50, já que a imunização ocorre com duas aplicações num intervalo de 21 dias.

*Com informações do Portal R7! 

Últimas