Folha Vitória Fechamento total no ES: Transcol vai operar com 100% da frota e passe-escolar ficará suspenso

Fechamento total no ES: Transcol vai operar com 100% da frota e passe-escolar ficará suspenso

Queda brusca de passageiros é esperada devido ao fechamento do comércio considerado não essencial

Folha Vitória
Foto: Iures Wagmaker / Folha Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Durante o período do fechamento total no Espírito Santo, válido entre os dias 18 e 31 de março, o sistema Transcol vai continuar a operação com 100% da frota em circulação, incluindo os veículos com ar-condicionado. O passe-escolar, no entanto, ficará suspenso. 

As medidas têm como objetivo frear a contaminação pelo novo coronavírus no Estado e foram anunciadas na terça-feira (16), durante um pronunciamento do governador Renato Casagrande. No período estipulado pelo governo, apenas atividades essenciais poderão funcionar.

Leia também: Comércio e serviços - veja o que pode e o que não pode funcionar a partir desta quinta-feira no ES

De acordo com a Secretaria de Mobilidade e Infraestrutura (Semobi), a manutenção de toda a frota do Transcol ocorrerá mesmo com a queda brusca de passageiros prevista com as restrições para o funcionamento de diversas atividades no Estado.

"O sistema de transporte público é essencial e precisaremos manter a operação para garantir que os trabalhadores dos serviços essenciais possam ir e voltar de seus postos de trabalho, com o distanciamento necessário, sobretudo neste momento em que a pandemia chega a um momento crítico", esclarece o secretário de Estado de Mobilidade e Infraestrutura, Fábio Damasceno.

A suspensão do passe-escolar pelo período de 14 dias será realizada porque os estudantes devem permanecer em casa neste período, com a suspensão das aulas presenciais. 

Segundo a Semobi, as medidas implantadas no Sistema Transcol continuarão a ser realizadas enquanto durar a pandemia, como o reforço na higienização dos coletivos; higienização e desinfecção diária nos terminais, álcool gel para passageiros nos terminais; obrigatoriedade do uso de máscaras para passageiros e colaboradores do sistema; botão de denúncia de lotação e não uso de máscara no aplicativo ÔnibusGV, que também conta a função que mostra a lotação em tempo real dos coletivos; orientação para deslocamento do horário de funcionamento a diversos setores econômicos para diluir a demanda no transporte, entre outras.

Últimas