Folha Vitória França e Espanha acham nova cepa na véspera de vacinação na Europa

França e Espanha acham nova cepa na véspera de vacinação na Europa

A Espanha detectou a nova cepa em quatro pessoas, enquanto a França a achou em uma francesa diagnosticada em Tours, mas que mora na Inglaterra

Folha Vitória
Foto: Acácio Pinheiro/Agência Brasília
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Os países da União Europeia receberam neste sábado (26) os lotes das vacinas contra a covid-19 que serão aplicados em grupos de risco da população a partir deste domingo (27). Os países do bloco se unem a um grupo de pelo menos 16 nações que já tinham iniciado a vacinação.

Itália, Romênia, Hungria, Espanha e França armaram grandes operações para a chegada das encomendas das vacinas da Pfizer, fabricadas pela BioNTech neste sábado, mesmo dia em que Espanha e França anunciam ter detectado em seus territórios infecções com a nova cepa do coronavírus, encontrada pela primeira vez no Reino Unido.

A Itália foi a primeira a encontrar o vírus de origem britânica na quarta-feira (23). A vítima foi um morador de Loreto, Ancona, e, de acordo com as autoridades do país, ele não teve contato com ninguém do Reino Unido. A Espanha detectou a nova cepa em quatro pessoas, enquanto a França a achou em uma francesa diagnosticada em Tours, mas que mora na Inglaterra.

A Suécia também detectou a nova variante do vírus, identificada pela primeira vez no Reino Unido, em um pessoa que entrou no país vinda da Grã-Bretanha. Esse paciente ficou isolado assim que entrou na Suécia.

Apesar dos registros, o clima é de otimismo na União Europeia. Contribui para isso o otimismo da BioNTech, responsável pela fabricação das vacinas que começam a ser aplicadas amanhã. Segundo a empresa, é "bem provável" que o imunizante tenha efeito também sobre a mutação do coroanvírus.

Distribuição de vacinas

A Itália recebeu neste sábado 9.750 doses da vacina da Pfizer/Biontech. O carregamento, vindo da Bélgica, foi escoltado por policiais até o Hospital Spallanzani em Roma, de onde será distribuído para o restante do país.

Também foram fabricadas na indústria da BioNTech na Bélgica as 19,5 mil de doses que chegaram à França.

FONTE: Portal R7.

Últimas