Folha Vitória Jobson confirma acerto com o Rio Branco, mas presidente ainda não crava o negócio: "Vamos analisar"

Jobson confirma acerto com o Rio Branco, mas presidente ainda não crava o negócio: "Vamos analisar"

O ex-atacante do Botafogo postou em suas redes sociais que estaria de chegada no clube do Espírito Santo. Torcida do clube protesta sobre possível contratação

Folha Vitória
Foto: Vitor Silva/SSpress
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Velho conhecido da torcida do Botafogo, o atacante Jobson repercutiu bastante neste sábado. Por meio de um vídeo em suas redes sociais, o jogador de 33 anos afirmou que estava chegando no Espírito Santo para acertar com o Rio Branco, que disputa a Série D do Campeonato Brasileiro esta temporada.

"Fala aí torcedor do Rio Branco do Espírito Santo. Aqui é o Jobson, ex-Botafogo, e estou chegando aí galera, tô fechado com vocês e vou chegar pra somar. Tamo junto", disse o atleta que estava no União Cacoalense disputando o  Campeonato Rondoniense.

O time Capa-Preta, no entanto, não confirmou que o acordo esteja selado. De acordo com a assessoria do clube, o jogador foi oferecido por um empresário, mas não houve a contratação.

O presidente do Rio Branco, Luciano Mendonça, fez apenas uma breve declaração à reportagem do Folha Vitória. De acordo com o dirigente, o clube ainda vai fazer uma avaliação da contratação do atleta e deve decidir na próxima semana. "A nossa posição é que o Jobson foi oferecido ao clube e vamos analisar na segunda", limitou-se a dizer o mandatário Capa-Preta.

TORCIDA NA BRONCA

Assim que a postagem de Jobson foi ao ar na noite desta sexta-feira (06), os torcedores do Capa-Preta reagiram negativamente. Uma das torcidas organizadas do Rio Branco se manifestou com uma nota de repúdio por meio das redes sociais. Confira abaixo a nota na íntegra.

"Nós, na condição de torcedores do Rio Branco Atlético Clube, expressamos nosso repúdio diante da possível contratação do atleta Jobson Leandro (o próprio jogador anunciou em seu perfil a vinda para o clube), tendo em vista sua suspeita por estupro de duas meninas de 13 e 14 anos.

Entendemos que trazer um cidadão suspeito por um crime dessa magnitude ofende a imensa massa de torcedoras e profissionais, além de refletir o total desprezo do clube a todos os esforços de combate à esse crime.

Ressaltamos que o Brasil vive um momento de reposicionamento social, que outros casos de atletas envolvidos em questões relacionadas geraram grandes manchas aos clubes envolvidos, e que é inadmissível que o Rio Branco adote postura semelhante. Esperamos do clube uma revisão à possível decisão tomada e desde já esclarecemos que, da Brancachaça, o atleta em questão terá o mesmo desprezo que o Rio Branco imprime às vítimas desse tipo de crime caso mantenha essa contração.

Além disso, o atleta não apresenta nenhuma entrega técnica aos times que o contrataram nos últimos anos, saindo prematuramente e se envolvendo em polêmicas. Não iremos aceitar".

Foto: Diário de Goiás
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

POLÊMICAS

A carreira de Jobson ficou bastante marcada pelas polêmicas fora das quatro linhas, desde os tempos que vestia a camisa do Botafogo. Confira alguns dos principais problemas na carreira do jogador.

DOPING - Com apenas 21 anos, vivendo uma grande fase com a camisa do Botafogo, Jobson foi flagrado no exame antidoping por uso de cocaína e foi afastado. A pena foi de seis meses afastado dos gramados. Em março de 2014, o caso novamente a se repetir. Jogando na Arábia Saudita, ele se recusar a fazer o exame. O resultado foi suspensão no clube que defendia e uma punição da Fifa, que chegaria em 2015, quando vivia novamente um ótimo momento no Botafogo. Foram três anos suspenso sem poder jogar futebol.

ESTUPRO - Em junho de 2016, o atacante foi preso por estupro de vulnerável. Segundo as autoridades policiais, ele levou duas adolescentes de 12 e 13 anos para uma chácara, no interior do Pará, onde as meninas teriam bebido, usado drogas e tiveram relações sexuais. Juntando as idas e vindas na prisão, Jobson ficou preso por mais de um ano.

ACIDENTE COM MORTE - Em 2017, Jobson ficou ferido num grave acidente de carro na rodovia TO-080, entre Marianópolis e Divinópolis, na região oeste do Tocantins. O acidente deixou uma pessoa morta e outras quatro feridas, incluindo o atleta. De acordo com a Polícia Militar de Marianópolis, várias latas de cerveja e um litro de whisky estavam dentro do carro. A Polícia disse que ainda não sabe quem dirigia o carro no momento do acidente, mas que o veículo pertencia a Jobson.

Últimas