Folha Vitória Juiz eleitoral é acionado após confusão durante votação em Linhares

Juiz eleitoral é acionado após confusão durante votação em Linhares

O acionamento foi registrado na Escola Marília Rezende, localizada no bairro Interlagos, no início da manhã deste domingo (30)

Folha Vitória
Foto: Alejandro Zambrana/Secom/TSE
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A votação foi marcada pelo acionamento de um juiz eleitoral após uma grande confusão registrada na Escola Marília Rezende, localizada no bairro Interlagos, em Linhares, no Norte do Espírito Santo. A ação foi registrada na manhã deste domingo (30). 

> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas pelo WhatsApp? Clique aqui e participe do nosso grupo de notícias!

Segundo informações repassadas pela Guarda Civil Municipal (GCM) de Linhares, a confusão ocorreu quando a fiscal de um partido político solicitou que a zerésima fosse conferida. No entanto, a ação deveria ter sido realizada em momento anterior. 

Com a confusão, um juiz eleitoral foi acionado no local de votação. Até o momento não há registro de detidos e, segundo a Guarda, a ocorrência não gerou prejuízos 

Outras ocorrências já registradas neste domingo

De acordo com a Polícia Militar, quatro pessoas foram encaminhadas para delegacias ao serem flagradas praticando boca de urna, o que é considerado crime eleitoral. 

No município de São Domingos do Norte, na região Noroeste, duas pessoas foram flagradas com bandeiras de candidato. Já em Nova Venécia, também no Noroeste, outras duas pessoas foram flagradas em filas pedindo votos.

LEIA TAMBÉM: TEMPO REAL | Acompanhe todas as informações sobre o 2º turno 

Últimas