Folha Vitória Mais de 37 mil estudantes podem ter cartão do Transcol bloqueado por falta de cadastro

Mais de 37 mil estudantes podem ter cartão do Transcol bloqueado por falta de cadastro

Prazo para cadastro e recadastramento vai até o dia 1º de julho de 2021, só que mais 90% dos alunos ainda não fizeram; quem realizou precisa acompanhar sistema para saber se foi aprovado

Folha Vitória
Foto: Reprodução/ Jordan Andrade/ Ceturb
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Na Grande Vitória, mais de 37 mil alunos que são beneficiados com os cartões Transcol nas modalidades Escolar, Escolar Gratuito e Escolar Gratuito com Comprovação de Renda, precisam realizar o recadastramento para não terem os cartões bloqueados. O prazo vai até o dia 1º de julho de 2021.

Mais de 90% dos recadastros ainda não foram realizados. No total, apenas 3.730 alunos fizeram o procedimento. Destes, 1.902 ainda estão pendentes. A expectativa do Sindicato das Empresas de Transporte Metropolitano da Grande Vitória (GVBus) é receber 40,8 mil recadastros, mas a maioria não acessou o sistema para fazer a renovação.

Cadastro e recadastro é 100% digital

O processo de cadastro e recadastro do CartãoGV escolar é 100% digital. Basta o aluno acessar o site do GVBus, www.gvbus.org.br, clicar em “estudantes”, “cadastro ou recadastro”, escolher a categoria do cartão e informar se já é ou não cadastrado no GVBus.

É necessário preencher o formulário, que deverá ser assinado e carimbado pela instituição de ensino. No caso do cadastro, ainda é preciso selecionar em qual posto do GVBus irá retirar o cartão.

Posteriormente, com o formulário assinado, o aluno deverá digitalizar toda a documentação obrigatória, e acessar novamente o site do GVBus e dentro da sua categoria selecionar o botão “enviar arquivos digitalizados” para, em seguida, inserir o número do protocolo e anexar a documentação obrigatória.

Para acompanhar a situação cadastral, o aluno deverá acessar o site novamente, selecionar o botão “consultar status de aprovação do cadastro” e inserir o número do protocolo. O aluno receberá a informação se o cadastro foi aprovado, se está pendente ou foi negado. Em todas as situações, o sistema informará quais orientações o aluno deverá seguir para concluir o seu processo de cadastramento.

Pendências no cadastro também devem ser regularizadas:

Os estudantes que realizaram o cadastro para obter o CartãoGV do tipo Escolar também devem consultar a situação junto ao GVBus. É que dos 6.333 alunos que efetuaram o procedimento, 1.531 estão com pendências e, por isso, não tiveram o cadastro aprovado. Outros 342 alunos tiveram o cadastro/recadastro negados.

Tanto os estudantes de graduação quanto de pós-graduação, e nas categorias escolar, gratuito e gratuito com comprovação de renda, estão enquadrados nesses pré-requisitos para se cadastrar ou recadastrar, ou para fazer a recarga do CartãoGV.

As pendências incluem divergências no preenchimento do formulário, falta de documentação e documentação ilegível. 

Para os estudantes que estão pendentes, o GVBus  enviará e-mail para alertar da necessidade de acessar o sistema e acompanhar o status do cadastramento/recadastramento, a fim de que regularizem a situação.

Quem deve fazer o recadastro

A renovação dos cadastros deve ser realizada todo início de ano ou período letivo, de acordo com a categoria em que o aluno está cadastrado e com o grau de ensino em que ele está matriculado. O procedimento é indispensável para o uso e compra de créditos dos CartõesGV do tipo Escolar.

Prorrogação do prazo

No início deste ano, a Ceturb-ES prorrogou o prazo de validade dos CartõesGV do tipo Escolar até o dia 01 de julho, a fim de resguardar o direito dos estudantes e evitar aglomerações nos postos de atendimento, como medida de segurança no combate ao coronavírus. Entretanto, com o número elevado de abstenções, a preocupação é que os estudantes se esqueçam de acessar o sistema e tenham os cartões bloqueados. 

Para o aluno se recadastrar e realizar a compra de novos créditos, a instituição de ensino precisa estar regularizada junto ao GVBus e o período de aulas já deve ter começado. 

Quando as escolas se cadastram junto ao GVBus, elas informam o calendário letivo da instituição, incluindo as datas de início e fim das aulas, bem como dados sobre os alunos matriculados com direito à gratuidade. Essas informações são usadas pelo GVBus na hora de realizar o cadastro e o recadastro, e a liberação de compra de créditos.

Últimas