Folha Vitória 'Matou nossas crianças', diz professora de creche atacada por homem com machado em SC

'Matou nossas crianças', diz professora de creche atacada por homem com machado em SC

Suspeito pulou o muro da escola e correu em direção ao parque, onde tirou a vida de quatro crianças e deixou feridos

Folha Vitória
Foto: Reprodução/Redes Sociais
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

"Eu não estava no mesmo local em que ele matou nossas crianças, estava na parte de trás. Várias delas brincavam no parque com outras três professoras. Só percebi o que estava acontecendo com ouvi a gritaria e as crianças chorandos".

A fala, dita aos prantos, é de uma educadora que trabalha no CEI (Centro Educacional Infantil) Cantinho Bom Pastor, onde um homem, armado com um machado, matou ao menos quatro crianças.

O crime ocorreu na manhã desta quarta-feira (5), quando os alunos haviam acabado de chegar no centro de ensino, localizado no bairro da Velha, na cidade de Blumenau, em Santa Catarina.

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe do nosso grupo no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

Em entrevista ao R7, a professora revelou que as pessoas tentaram fugir do homem com o machado. "As pessoas começaram a correr e agora tem quatro corpos no parque", contou.

O criminoso teria pulado o muro da escola e foi em direção às crianças no parque. Após deferir os golpes, matar quatro crianças e deixar ao menos três em estado grave, o homem fugiu de moto.

Pais e familiares estão no local preocupados. O suspeito já se entregou para a polícia. A arma usada para o assassinato das vítimas ainda não foi localizada. A ocorrência está em andamento.

Prefeitura de Blumenau decreta luto oficial de 30 dias

Prefeitura de Blumenau decidiu decretar luto oficial de 30 dias na cidade em decorrência das mortes durante o atentado.

"Estamos aqui com todas as forças de segurança. O governador Jorginho já está vindo para cidade para acompanhar essa situação. A cidade está prestando todo apoio possível às famílias neste momento. Se é que é possível. Também decretamos luto oficial de 30 dias", disse o prefeito da cidade, Mário Hildebrandt, em coletiva de imprensa.

Últimas